Publicidade
Point do suco

Diário X

16 de abril de 2021
Aqui tem a Verdadeira Notícia
34º 21º
Coxim/MS
32º 20º
Campo Grande/MS
27º 15º
São Paulo/SP
29º 15º
Brasília/DF

Mundo

Agência antidrogas do Paraguai destrói 30 toneladas de maconha na fronteira

Droga foi encontrada em propriedade rural em Capitán Bado, perto de Coronel Sapucaia

24 FEV 2021Por Redação/ Talyta Rodrigues07h:27

Quase 30,2 toneladas de maconha foram apreendidos por agentes da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) em propriedade rural de Capitán Bado, cidade paraguaia vizinha de Coronel Sapucaia (MS), a 400 km de Campo Grande.

O acampamento dos narcotraficantes funcionava em extensa área de mata da fazenda Santa Rosalina. No acampamento foram encontrados 1.483 bolsas com 29,6 mil quilos de maconha picada e 1.129 quilos da chamada “maconha marroquina” divididos em 60 tabletes prensados.

Conforme a agência antidrogas paraguaia, a chamada “maconha marroquina” tem cotação muito superior à maconha convencional no mercado brasileiro. Ninguém foi preso.

De acordo com a Senad, o depósito funcionava longe das áreas de cultivo da droga, estratégia usada pelos plantadores de maconha para diminuir a possibilidade de apreensão da produção.

A operação, comandada pelo promotor de Justiça Celso Morales, estimou em 7,5 milhões de dólares o prejuízo econômico para os traficantes.

Apesar das seguidas investidas da Senad contra a produção de maconha, as apreensões cresceram nos dois primeiros meses de 2021 em Mato Grosso do Sul. Só o DOF (Departamento de Operações de Fronteira), apreendeu até a semana passada 41,3 toneladas de drogas, aumento de 336,54% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram apreendidas 9,4 toneladas.

Helio de Freitas, de Dourados – Campo Grande News

Publicidade
Chicão

Leia Também