CENARIO
Logo Diario X
Aqui tem a Verdadeira Notícia
13 de junho de 2024
Coxim
24ºC

Estado MS

MEC marca visita para liberar Curso de Direito na UFMS de Coxim

17 NOV 2019Por Paulo Ricardo21h:20

Conforme a diretora do campus de Coxim da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Profa. Dra. Eliene Dias de Oliveira, a visita está sendo aguardada desde o dia 26 de setembro de 2018, quando o Conselho do Campus de Coxim, por unanimidade, votou favorável pela implantação do Curso de Direito.

O Ministério da Educação (MEC) marcou para o dia 02 de dezembro de 2019 uma visita “in loco” ao campus de Coxim

Para acontecer a liberação do Curso de Direito na modalidade presencial, o campus de Coxim da UFMS precisa passar por várias etapas no processo do MEC, entre elas, uma visita técnica de avaliadores, que serão responsáveis por elaborar um relatório favorável ou não da abertura do curso.

A avaliação “in loco” tem o objetivo de verificar a existência e a adequação de metodologia, de infraestrutura física, tecnológica e de pessoal que possibilitem a realização das atividades previstas no Plano de Desenvolvimento Institucional e no Projeto Pedagógico de Curso

Caso a verificação “in loco” dos avaliadores seja favorável, o relatório segue outros trâmites nos órgãos competentes para a abertura do curso.

A subseção de Coxim da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e outras autoridades do município estão apoiando a abertura do Curso de Direito na modalidade presencial.

Contratação de professores

O edital PROGEP/UFMS nº 145, de 14 de novembro de 2019, vai liberar as inscrições para o novo concurso de docente da UFMS a partir do dia 9 de dezembro de 2019.

Das vagas liberadas no edital, 3 (três) vagas são para contratação de professores doutores da área do direito público e privado que atuaram no campus Coxim.

Abertura do curso

Existe uma grande expectativa que o Curso de Direito do campus de Coxim da UFMS possa liberar as 50 (cinquenta) vagas no segundo semestre de 2020.

Saiba Mais

UFMS: o Conselho do Campus de Coxim, por unanimidade, vota favorável pela implantação do Curso de Direito

M9

Leia Também