Diário X

20 de setembro de 2019
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Coxim MS

Vaias, protestos e pipoca são os destaques da sessão na Câmara de vereadores de Coxim com a presença do prefeito Aluizio São José

12 JUN 2019Por Valdeir Simão18h:10

A sessão da Câmara Municipal de Coxim de terça-feira (11), teve o seu início com a expectativa de que o prefeito Aluizio São José (PSB) e o secretário municipal de Receita e Gestão, Andre Luis Tonsica Mudri, teriam a oportunidade de fazer as explicações e os esclarecimentos necessários sobre a situação financeira da prefeitura de Coxim, atendendo a convocação do poder Legislativo do município.

No entanto, com o transcorrer das explanações do prefeito e do secretário, o que se destacaram foram às vaias com gritos de desaprovações e protestos, situações que prosseguiram até o final da sessão, onde foram servidos copos de pipoca para os participantes, com algumas pessoas gritando repetidamente na frente do plenário a palavra "Mentiroso"!!!

Segundo um dirigente sindical, a distribuição de pipoca foi para fazer referência a uma sessão de entretenimento, onde para os participantes, tudo o que foi apresentado pelo prefeito Aluizio São José e o secretário Andre Mudri, não passaram de um teatro de muito mal gosto.

“O roteiro e o conteúdo da 'sessão pipoca', assim chamada por alguns, foi devidamente preparada por uma das empresas terceirizadas contratadas pelo poder Executivo, que mais recebem da prefeitura de Coxim”, disse o sindicalista.

Paulo Monteiro servindo a pipoca Foto: Valdeir Simão - Diário X

O promotor de Justiça de Coxim, Marcos André Sant’Ana Cardoso, participou atentamente de toda a sessão, assim como, um grande número de servidores públicos municipais efetivos e comissionados.

Após a frágil apresentação que não convenceu quase ninguém, pois o secretário de Gestão André Mudri demonstrava muitas dúvidas e insegurança quanto às informações e dados, causando momentos de vaias e risadas. Ao concluir as explanações, foi aberta a oportunidade aos vereadores para fazer perguntas e sanar as dúvidas.

Apenas sete vereadores fizeram pronunciamentos e perguntas: Vladimir Ferreira, Lucia da AAVC, Vilmar Vendruscolo, Sinval Batista, Careca da Iluminação, Abilio Vaneli e Marquinhos Vaz.

O vereador Vilmar Vendruscolo (PTB), da base aliada de apoio ao prefeito que é composta por um grupo de parlamentares, denominado pela população coxinense de G10, em seu pronunciamento na tribuna, perguntou ao prefeito Aluizio São José, sobre os valores e onde foram aplicados os recursos arrecadados pelo Fundersul e o Imposto Territorial Rural (ITR).

Em seguida, Vilmar Vendruscolo destacou: "Um dos piores secretários municipais de Coxim, é o da Assistência Social (Adenilson Vilalba), sendo comandada como uma secretaria política, que caminha sozinha e não leva o nome do prefeito e da administração. Ele é um dos piores secretários de Coxim", alfinetou o parlamentar.

Para o Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos Municipais de Coxim (SINSMC), a fraca explanação não alcançou os objetivos e foram apenas alguns slides que fogem dos números reais apresentados no portal da transparência.

O presidente do SINSMC, disse:  “Infelizmente o gestor transparece a inabilidade e o desrespeito junto aos trabalhadores do município. O gestor mente, mesmo na presença do Promotor de Justiça que processou a Prefeitura pelos atos de irresponsabilidade. Hoje o servidor só tem a Justiça, somente a Justiça para por fim nos desmandos e crimes relatados na Ação Civil Pública proposta pelo MPE".

"Ainda confiamos na Justiça. O bloqueio das contas da prefeitura deve ser imediato, para garantir os pagamentos e repasses. Na nossa visão, Aluizio São José debocha da Justiça e do servidor e já deveria ter sido afastado", afirmou Paulo Monteiro, presidente do SINSMC.

Segundo um dos participantes, nunca se viu a presença de tantos policiais na Câmara de vereadores, ocupando a frente e outras dependências do poder Legislativo

Seguranças particulares contratos pela Casa de Leis também permaneceram no local. Foi possível também observar que alguns servidores públicos foram estrategicamente posicionados nas área destinada aos vereadores, com postura e porte físico de segurança para qualquer imprevisto.

Toda essa preocupação com a segurança, foi uma clara demonstração de quanto a gestão municipal está reprovada, com a população indignada e revoltada, refletindo na rejeição ao prefeito Aluizio São José e às pessoas que integram o seu grupo de secretários e coordenadores. 

A convocação de toda essa força de segurança, é também a certeza de que o prefeito e vereadores tem plena convicção da desaprovação e antipatia da comunidade coxinense pelos atuais gestores, que seguem com uma administração desastrosa, onde a situação está ficando um caos e insustentável.

“Quem sai perdendo é toda a população, que já está pagando um preço muito alto, por colocar no poder pessoas despreparadas para gerir a máquina pública”, disse um servidor público, que pediu para não ter divulgado o seu nome.

Veja os motivos da convocação do prefeito de Coxim e do secretário municipal, acessando o link:

Prefeito de Coxim e secretário de Gestão são convocados pela Câmara Municipal de Vereadores para prestar esclarecimentos

 
  • Fotos: Valdeir Simão - Diário X
  • Fotos: Valdeir Simão - Diário X
  • Fotos: Valdeir Simão - Diário X
Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também