Diário X

15 de janeiro de 2021
Aqui tem a Verdadeira Notícia
28º 24º
Coxim/MS
26º 23º
Campo Grande/MS
30º 19º
São Paulo/SP
27º 19º
Brasília/DF

Saúde

Com 1,1 mil infectados e 16 mortes em 24h, MS soma 147,2 mil casos de coronavírus

14 JAN 2021Por Emilly Constanci11h:00

Mato Grosso do Sul já soma 147.249 casos confirmados de Covid-19, com 1.106 novos registros na quinta-feira (14). Foram registradas 16 novas mortes de acordo com dados divulgados no boletim epidemiológico do novo coronavírus, apresentado diariamente pela SES (Secretaria de Estado de Saúde). 

Com os novos óbitos, o total de vítimas fatais em MS chega a 2.625 mortes desde o início da pandemia. Os novos óbitos foram registrados em Campo Grande (5), Rio Brilhante (1), Nioaque (1), Batayporã (1), Amambai (1), Pedro Gomes (1), Douradina (1), Dourados (1), Aquidauana (1), Ribas do Rio Pardo (1), Bodoquena (1) e Ladário (1).

A SES também destacou que MS já contabiliza um total de 501.013 casos notificados, dos quais 344.524 foram descartados. Há 2.175 testes em análise no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) e 7.065 casos sem encerramento pelos municípios.

Não tem o cartão SUS? Saiba como emitir documento e se será exigido para vacinação da covid-19

Com 998 casos e 22 óbitos em 24h, MS chega a 2,6 mil mortos pelo coronavírus

Os novos casos de hoje trazem Campo Grande à frente, com 258 novos casos, seguida por Dourados (241), Corumbá (83), Três Lagoas (41), Naviraí (36), Aquidauana (28), Amambai (27), Itaporã (25), Nova Andradina (23), Ponta Porã (23), entre outros.

De 147.249 casos confirmados em MS, 131.722 pacientes se recuperaram. Há 12.251 pacientes em isolamento domiciliar. Em relação às internações, MS tem 651 pacientes internados. Destes, 359 estão em leitos clínicos (219 públicos e 140 privados) e 292 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), dos quais 209 estão em leitos públicos e 83 em privados.

A taxa de ocupação de leitos de UTI públicos global nas 4 macrorregiões de MS é de: 87% em Campo Grande, 74% em Dourados, 68% em Três Lagoas e 75% em Corumbá.

Fonte: Midiamax - Mylena Rocha

Publicidade
.

Leia Também