Diário X

28 de março de 2020
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Brasil

Subiu para 6 o número de mortes por suspeita de cerveja contaminada em Minas Gerais

4 FEV 2020Por Redação15h:46

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) confirmou na segunda-feira (3) a sexta morte que pode estar relacionada à intoxicação por dietilenoglicol após o consumo de cerveja da Backer.

Veja lista das mortes:

- Paschoal Dermatini Filho, de 55 anos.

Ele estava internado em Juiz de Fora e morreu dia 7 de janeiro. A morte por síndrome nefroneural causada por dietilenoglicol foi confirmada

- Antônio Márcio Quintão de Freitas, de 76 anos.

Morreu no Hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, por suspeita de síndrome nefroneural.

- Homem de 89 anos.

Não teve a identidade revelada. Morte confirmada pela SES no dia 16 de janeiro por suspeita de síndrome nefroneural.

- Mulher de 60 anos.

Não teve a identidade revelada. A morte havia sido notificada pela Secretaria Municipal de Saúde de Pompéu, mas só foi confirmada pela SES no dia 16 de janeiro por suspeita de síndrome nefroneural.

- Homem sem idade e identidade revelados

Morreu dia 1º de fevereiro em Belo Horizonte.

- João Roberto Borges, de 74 anos

Estava internado no Hospital Madre Teresa, no bairro Gutierrez, na Região Oeste de Belo Horizonte, e morreu na madrugada do dia 3 de fevereiro.

Fonte: G1 Minas

Leia Também