Diário X

11 de novembro de 2019
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Brasil

Diretor da Energisa é expulso com vaias e CPI vai fechar cerco sobre as contas abusivas

23 OUT 2019Por Redação19h:22

A audiência promovida pela Assembleia Legislativa para debater sobre a atuação da Energisa em Mato Grosso/MT foi marcada por denúncias graves, vaias e discursos acalorados. E vieram de vereadores, deputados, sindicalista e trabalhadores do setor de energético no Estado.

Gritos e vaias durante a fala do representante da empresa marcaram a audiência. Populares que não aguentam pagar contas de luz com aumentos absurdos de um mês para o outro lotaram as galerias e fizeram barulho. Aliás, foram tantas vaias que o diretor da empresa, Riberto José Barbanera, encerrou sua fala antes do tempo sob gritos de “fora Energisa”.

Deputados que assinaram a CPI já anteciparam que não vão amenizar para o lado da empresa e prometem passar a limpo todas as denúncias de contas abusivas, demora no atendimento e redução no quadro de servidores. Em outras palavras, anteciparam que o “bicho vai pegar”.

Entidades como Procon e Ager-MT mandaram representantes à audiência que endossaram as denúncias e o apoio à CPI por entenderem que os mato-grossenses estão sendo “reféns” da empresa, obrigados a pagar contas altas por serviços precários.

Fonte: Agora Mato Grosso

Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também