Publicidade
Marmoaria

Diário X

03 de julho de 2020
Aqui tem a Verdadeira Notícia
20º 12º
Coxim/MS
18º 11º
Campo Grande/MS
17º 11º
São Paulo/SP
25º 14º
Brasília/DF

Policia

Casal foi morto a facadas enquanto dormia

28 MAI 2020Por Redação / GB19h:45

O delegado de Policia, Dr. Cleverson, realizou pela manhã a perícia no local do crime, ocorrido na cidade de Costa Rica/MS, onde um casal foi assassinado a facadas enquanto dormia, na madrugada desta quinta-feira (28).

A mulher assassinada foi identificada com Marilei  Ramos, 32 anos e o principal suspeito é o seu ex-marido, que segundo familiares já vinham ameaçando ela. Em um contato com uma amiga ela afirmou que estava com medo dele.

Dias atrás, Jair, suspeito de cometer o crime, sequestrou Marilei, e depois que a policia foi acionada, a sequestrada foi deixado em um local da zona rural do município.

Jair, usou de chaves da casa para abri-lá na madrugada e cometer os crimes. Apuramos que mesmo estando separado da ex-esposa, Jair tinha em seu poder, as chaves da casa onde morava a ex-esposa.

O delegado explicou que de madrugada, o autor teria invadido a residência enquanto casal dormia. Ele atacou o rapaz, identificado com Gilcione Rodrigues Martins, 34 anos, matando-o com várias facadas nas costas e pescoço. “A perícia acredita que a vítima estava dormindo com as costas para cima, por isso foi esfaqueada desta forma”, disse Cleverson.

Em seguida, ele golpeou a mulher muitas vezes, principalmente no rosto que acabou ficando desfigurado, e em seguida fugiu. As vítimas morreram no local, antes que pudessem ser socorridas. Equipes da Polícia Militar e da Polícia Civil seguem no local colhendo informações sobre o ocorrido, em como iniciando buscas pelo suposto autor.

Uma cena chocante, foi ver uma criança de aproximadamente 3 anos, filha de Marilei , todo ensanguentada sentada ao lado do corpo da mãe, não havia ferimento nela, provavelmente a criança devia ter abraçado o corpo da mãe, segundo o delegado. . As outras duas crianças de 8 e 11 anos estavam dormindo.

Fonte: O Correio News - Adejair Moraes

Leia Também