Publicidade
Marmoaria

Diário X

26 de outubro de 2020
Aqui tem a Verdadeira Notícia
29º 23º
Coxim/MS
27º 22º
Campo Grande/MS
30º 17º
São Paulo/SP
26º 18º
Brasília/DF

Política

Reinaldo abre o jogo e diz que voto vai para a reeleição de Marquinhos

26 AGO 2020Por Redação / EC14h:52

Pela primeira vez abertamente, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) declarou apoio de Marquinhos Trad (PSD). Em entrevista ao Campo Grande News, o chefe do Executivo estadual disse que embora o partido ainda não tenha batido o martelo, o voto dele é pela reeleição do atual gestor.

“A gente tem uma boa sintonia de trabalho. Os investimentos [do governo em Campo Grande] só foram possíveis porque houve uma sintonia entre prefeitura com a nossa equipe. Na questão política, eu defendo, é um posicionamento pessoal, que o melhor caminho é um apoio à reeleição do prefeito Marcos Trad”, afirmou.

Reinaldo destacou que a Executiva municipal definiu o vereador João Rocha, nome sugerido pela bancada tucana na Câmara, como proposta de pré-candidato a vice de Marquinhos e comunicou o PSD oficialmente. Ele espera que a aliança seja consolidada

“Política é feita com construção e a gente está discutindo. Temos agora as chapas, uma construção diferente. É chapa pura de vereadores, não pode mais coligar. Tem que cuidar da chapa e o partido fez um bom trabalho, temos ótimos nomes que vão concorrer para o Legislativo municipal e eu não tenho dúvida. Nós vamos chegar em um entendimento”.

Para o governador, mais importante é viabilizar a continuidade da parceria entre o governo e a Prefeitura de Campo Grande. “Você chega em um entendimento quando coloca a Capital em primeiro lugar, os entendimentos de fazer o desenvolvimento, da Capital continuar crescendo, gerando oportunidades, sendo a segunda capital mais segura do país, que é um ganho para todos nós. Tudo isso é fruto de uma parceria e, assim como na Capital, estamos percorrendo os municípios, falando com os aliados”.

O chefe do Executivo afirma ainda que o PSDB não pode querer monopolizar todas as prefeituras. “Nós estamos aí apoiando um prefeito que não é do nosso partido, mas merece todo o nosso trabalho e acho que o diretório municipal vai consolidar essa aliança [com Marquinhos Trad]. Isso é dever do diretório. Eu tenho o meu posicionamento pessoal, mas respeito o meu partido e às opiniões das Executivas municipais. Agora, nos 79 municípios, nós estamos dialogando. Tem municípios que a gente vai apoiar os aliados, contribuir candidatura alternativa. Isso faz parte da política”.

Em 2018, Marquinhos trabalhou pela reeleição de Reinaldo ao governo do Estado. O apoio à recondução do prefeito ao Paço Municipal é cobrado como retribuição à aliança de dois anos atrás.

Fonte: Campo Grande News - Anahi Zurutuza

 

Publicidade
.

Leia Também