Publicidade
Marmoaria

Diário X

31 de maio de 2020
Aqui tem a Verdadeira Notícia
32º 19º
Coxim/MS
30º 18º
Campo Grande/MS
26º 13º
São Paulo/SP
24º 10º
Brasília/DF

Política

Gleisi Hoffmann coloca Campo Grande entre prioridades do PT

22 FEV 2020Por Redação18h:03

Cumprindo agenda em Campo Grande neste sábado (22), a deputada federal paranaense e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, aponta que o município é uma das prioridades da legenda nas eleições deste ano.

Gleisi se mostrou contente com as informações repassadas da Executiva Estadual e citou que tanto ela quanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficaram felizes com a indicação do nome do deputado estadual Pedro Kemp como pré-candidato a prefeito.

“Vamos acompanhar com carinho e atenção a disputa em Mato Grosso do Sul. Aqui é uma das prioridades que temos em nível nacional”, destacou.

Ela reforçou que as capitais são consideradas primordiais para o partido e citou que Mato Grosso do Sul faz parte dessa estratégia eleitoral. “Aqui, temos que resgatar o que foram nossos governos, o governo Zeca do PT (1999 a 2006) deixou resultado impressionante para a sociedade, mudou muita coisa, reestruturou o Estado”, citou.

“Temos que buscar esse legado, fazer um paralelo, mostrar que o PT já governou e pode voltar a governar. Com essa proposta popular é fundamental”, aponta. Durante coletiva de imprensa, a deputada também avaliou que Mato Grosso do Sul não é um Estado de direita e lembrou a suspensão da entrega das cestas básicas, um reflexo, segundo ela, da falta de preocupação com classes mais baixas.

A visita de Gleise faz parte das comemorações dos 40 anos do PT e também para monitorar o início de ano eleitoral.

O presidente estadual do PT e presidente da Câmara de Vereadores de Coxim, Vladimir Ferreira, aponta que a legenda tem confiança na pré-candidatura de Pedro Kemp. “Acredito que pode chegar ao segundo turno”, diz. Segundo Vladimir, o partido deve contar com candidatos a prefeito entre oito e dez municípios e cerca de 100 candidatos ao cargo legislativo em todos os municípios.

Fonte: Campo Grande News - Gabriel Neris e Fernanda Palheta

Leia Também