Recall TAVEL
Logo Diario X
Aqui tem a Verdadeira Notícia
21 de setembro de 2021
41º 28º
Coxim/MS
39º 27º
Campo Grande/MS
33º 21º
São Paulo/SP
33º 19º
Brasília/DF

Política

"Estou preparado", afirma Amaury ao tomar posse como ministro do TST

Cerimônia ocorreu na noite de ontem no Tribunal Superior do Trabalho

22 JUL 2021Por Redação/TR15h:23

A ministra Maria Cristina Peduzzi, presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), empossou nesta quarta-feira (21), Amaury Rodrigues Pinto Junior e Alberto Bastos Balazeiro nos cargos de ministros do TST.

Eles passam a ocupar, respectivamente, as vagas decorrentes das aposentadorias dos ministros João Batista Brito Pereira e Márcio Eurico Vitral Amaro. Durante a cerimônia, esteve presente o procurador-geral da República, Augusto Aras.

A ministra Maria Cristina Peduzzi destacou que a posse de novos ministros simboliza a continuidade e a renovação tanto do Tribunal quanto de toda a Justiça do Trabalho. "Em desafio de trabalho remoto, o Tribunal exerceu as suas atribuições constitucionais de prestar jurisdição e proceder à recomposição da Corte, tarefa que contou com a colaboração dos demais Poderes da República", comentou a presidente do TST.  

De acordo com a ministra, o TST não apenas proveu as vagas no período da pandemia, como fez o processo de escolha da lista tríplice, demonstrando que todos os poderes "estão irmanados em dar continuidade e normalidade às atividades".

O ministro  Amaury Rodrigues Pinto Junior comporá a Primeira Turma e a Subseção II Especializada em Dissídios Individuais (SDI-2) do TST. O ministro Alberto Bastos Balazeiro comporá a Quinta Turma e a  SDI-2.

O ministro Amaury Rodrigues Pinto Junior lembrou que a trajetória até o cargo foi trilhada com muitos desafios e repleta de prazer. "A magistratura é o que eu gosto, amo e o que sempre amei, portanto, minha expectativa em relação ao TST será ainda mais feliz. Vou trabalhar com muita alegria, novos desafios, empreitadas, mas eu estou preparado e disposto, pois tenho uma boa experiência na magistratura", afirmou.  

Sarah Chaves com informações do TST - JD1 News

Ceres

Leia Também