CENARIO
Logo Diario X
Aqui tem a Verdadeira Notícia
20 de julho de 2024
Coxim
24ºC

Polícia

Vigilante foi morto por colega de trabalho após discussão por molho de chaves

O crime aconteceu dentro de uma escola municipal em Três Lagoas

3 MAR 2022Por Redação/TR14h:32

O segurança Moacir de Paula Camargo, identificado pela polícia como suspeito de atirar em um colega, foi à Delegacia de Urgência Comunitária (Depac) para se declarar culpado e confessou. O incidente ocorreu no sábado (26) em uma escola pública municipal. O colega Rodrigo Santos Fonseca, 45 anos, que foi baleado três vezes com um revólver calibre 38 e morreu na madrugada de quarta-feira (02) após dar entrada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Auxiliadora.

 De acordo com o site JP News, a Polícia Civil, Moacir confessou que atirou contra o colega de serviço após uma discussão. Segundo ele, a briga foi motivada por um molho de chaves de diversas portas de salas de aula da escola. Na ocasião, Rodrigo teria partido para cima de Moacir dando socos e chutes.

No boletim de ocorrência consta que, Rodrigo dos Santos Fonseca estava trabalhando na noite do crime e que Moacir estaria de folga. Ele teria ido ao local questionar a vítima a respeito do molho de chaves e segundo o autor os dois entraram em luta corporal.  

Moacir teria relatado que após o colega de trabalho partir para cima, ele sacou o revólver e pediu para Rodrigo se afastar. Mas a vítima não se afastou o que acabou provocando os disparos.

Camila Farias - JD1 News

M9

Leia Também