CENARIO
Logo Diario X
Aqui tem a Verdadeira Notícia
24 de julho de 2024
Coxim
24ºC

Polícia

Trio é preso após sequestrar e executar taxista em MS

14 JUN 2024Por Redação/EC03h:57

Depois de matarem o taxista Devanir da Silva Santos, de 35 anos, em Ribas do Rio Pardo, três homens, de 24, 28 e 35 anos, foram presos na madrugada desta quinta-feira (12) por agentes da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros (GARRAS) e da Delegacia de Polícia de Ribas do Rio Pardo. 

O roubo e o assassinato aconteceram na terça-feira (11) em Ribas do Rio Pardo. E, assim que a polícia local tomou conhecimento do desaparecimento do taxista, acionou o Garras, que entrou na investigação e localizou o veículo, um Corolla, no bairro Santa Dorotheia, região central da Capital. 

Na sequência da investigação, os agentes descobriram que os três haviam se hospedado em um hotel na Avenida Afonso Pena, o que possibilitou a identificação do trio. 

Segundo informações não oficiais, eles teriam obrigado o taxista fazer uma série de transferências bancárias para o nome de um deles e com este dinheiro se hospedaram no hotel. 

Porém, somente um deles foi capturado neste hotel. Com ele estava a arma possivelmente utilizada para executar o taxista. O segundo suspeito já havia retornado para  Ribas e acabou sendo preso na cidade do interior. O terceiro envolvido, após entrar e sair do hotel na Afonso Pena, foi encontrado e preso em uma pousada no bairro Universiário, região sul de Campo Grande. 

Somente depois disso é que a polícia conseguiu localizar o corpo do taxista, que havia sido abandonado em uma mata entre Ribas e Campo Grande. A suspeita é de que tenha sido executado logo após o sequestro e a transferência do dinheiro. 

Correio do Estado

M9

Leia Também