CENARIO
Logo Diario X
Aqui tem a Verdadeira Notícia
17 de julho de 2024
Coxim
24ºC

Polícia

Responsáveis por ONG são autuadas por maus-tratos de 236 animais e poluição ambiental

Segundo a Decat, os animais eram mantidos em condições inadequadas, entre barulho, mau-cheiro e problemas de saúde aos animais e aos vizinhos.

6 JUL 2024Por Redação/EC13h:56

Duas responsáveis por uma Organização Não Governamental (ONG), foram autuadas por maus tratos a animais e poluição ambiental, nesta quinta-feira (4), na Chácara Cachoeira, em Campo Grande. 

A Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista (DECAT) afirma que eram mantidos aproximadamente 236 cães e gatos, em condições insalubres.

Através de uma denúncia, a ONG mantinha todos os animais em condições inadequadas, entre barulho, mau-cheiro e problemas de saúde aos animais e aos vizinhos. 
 
De acordo com a polícia, durante a inspeção, foram encontradas irregularidades como:

- Acúmulo de dejetos, causando mau-cheiro e atraindo insetos
- Presença de moscas, mosquitos e larvas em piscina sem tratamento e em latas espalhadas no quintal
- Animais com parasitas, representando risco à saúde humana
- Vestígios de queima de lixo no quintal
- Descarte irregular de resíduos sólidos e medicamentos
- Omissão de cautela na guarda de animais ferozes
- Abundância de animais com sarna, em ambiente inadequado
- Animais sem carteiras de vacinação ou com carteiras incompletas
- Gatos presos em um cômodo imundo, com larva de mosquito
- Fossa extravasando.


Conforme a Polícia Civil, foi solicitada a prisão preventiva das responsáveis, devido ao histórico de situações similares.

g1 MS

M9

Leia Também