Diário X

11 de dezembro de 2019
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Polícia

Mega operação prende 11 vereadores suspeitos de desviar dinheiro para viagem

5 NOV 2019Por Redação10h:45

Operação do Ministério Público da Paraíba (MPPB) prendeu 11 vereadores e um contador da Câmara Municipal de Santa Rita, em João Pessoa (PB), na madrugada desta terça-feira (05). O grupo é suspeito de desviar verba pública para custear despesas de uma viagem a Gramado (RS).

A operação teve início após o MP suspeitar da viagem dos vereadores, segundo o portal G1. Eles usaram um seminário como justificativa para a ida a Gramado. A empresa organizadora da viagem seria de Sergipe, o que fez a investigação ser iniciada.

De acordo com a operação, só em diárias foram gastos R$ 69 mil. Além disso, o MP constatou que a empresa organizadora recebeu R$ 58,2 mil da Câmara de Santa Rita em 2019. No ano passado, foram R$ 49,2 mil.

“Monitoramos todas as atividades dos vereadores e de todas as pessoas que os acompanhavam. A Polícia Civil fez o levantamento da empresa que estaria responsável pelo suposto seminário e pela viagem, e foram confeccionados dois relatórios”, explicou o delegado Allan Terruel.

Os vereadores foram encaminhados para a Central de Flagrantes, em João Pessoa. Entre eles está o presidente da Câmara do município, Anésio Alves. Os suspeitos aguardam agora audiência de custódia, prevista para acontecer ainda nesta terça-feira (05).

A ação do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) foi batizada de “Natal Luz”. A operação contou com a participação da Gaeco da PB e do Rio Grande do Sul, além da Polícia Civil de Sergipe.

Fonte: Metrópole - Tácio Lorran

Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também