Campanhe dengue COXIM topo das matérias
Logo Diario X
Aqui tem a Verdadeira Notícia
28 de maio de 2022
23º 11º
São Paulo/MS

Polícia

Jovem assassinado em Costa Rica já teria ajudado a matar duas pessoas

A morte dele está sendo considerada um acerto de contas na região

12 MAI 2022Por Redação/PL22h:40

Jhony Mendonça, de 22 anos, que era conhecido como ‘Buguinho’ e foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira (12), em Costa Rica, já havia sido preso por homicídio anos atrás. O rapaz atualmente era tatuador na cidade.

De acordo com o site BNC Notícias, o jovem possuía na ficha criminal um duplo homicídio e algumas tentativas de assassinato. Sua primeira participação no mundo do crime foi em 2013, quando ainda tinha 15 anos.

Na ocasião, pai e filha foram queimados vivos em uma propriedade rural durante um assalto.

Morte

Jhony Mendonça, de 22 anos, foi assassinado com pelo menos dois tiros, um no pescoço e outro nas costas, na manhã desta quinta-feira (12), em Costa Rica. Outros dois rapazes ficaram gravemente feridos após serem atingidos com golpes de facão.

Conforme o boletim de ocorrência, um dos jovens, de 21 anos, pediu ajuda para a Polícia Militar que já havia sido desempenhada para atender a ocorrência. A vítima foi encontrada com o rosto sangrando, oriundos dos golpes de facão.

O outro rapaz, também de 21 anos, estava nas margens da rodovia MS-223 e informou para a equipe policial que teria sido atingido por um tiro e não estaria sentido os movimentos das pernas, pois a bala estava alojada na coluna.

A Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Perícia estiveram no local. O caso foi registrado como homicídio e tentativa de homicídio.

Brenda Assis - JD1 Notícias

Ceres

Leia Também