Publicidade
Point do suco

Diário X

16 de abril de 2021
Aqui tem a Verdadeira Notícia
34º 21º
Coxim/MS
32º 20º
Campo Grande/MS
27º 15º
São Paulo/SP
29º 15º
Brasília/DF

Polícia

Após discussão, mulher tira a própria vida em casa "amaldiçoada"

Vítima ainda não foi identificada

27 FEV 2021Por Redação/ Talyta Rodrigues22h:00

No final da tarde de sexta-feira (26), uma mulher que tirou a própria vida, ainda não foi identificada, no bairro Aero Rancho. O fato aconteceu na mesma casa, onde dois rapazes suspeitos de matar um estudante no bairro Coophamat, foram mortos em confronto com o Batalhão de Choque.

O suicídio ocorreu na rua João Oliveira Machado, vizinhos teriam dito a reportagem que a mulher teria discutido no período da tarde, momentos depois ela teria entrado para dentro da residência, por volta das 16h. Os vizinhos disseram que a gritaria parou.

Milena foi encontrada por volta das 18h, por uma amiga que teria gritado por socorro, duas vizinhas entraram na casa e realizaram os primeiros socorros na vítima que ainda estava com pulsação.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros foram acionados e ainda tentaram reanimar a mulher, mas ela não resistiu.

Milena deixa um casal de filhos, um menino de 2 aninhos a menina de 5 anos.

Casa "amaldiçoada"

No dia 30 de dezembro de 2015, dois rapazes, identificado como Linguado e Vinicius, que seria suspeitos de participar do assassinato do universitário Thiago da Cruz Martins, de 24 anos, foram baleados conforme o Batalhão de Choque, durante troca de tiros com policiais dentro da residência.

Desde então os donos da residência tentam vender a casa e não conseguem. E acabam alugando a casa para pessoas que não sabem das mortes que ocorreram no local. Já são três vidas perdidas dentro da casa.

Marcos Tenório – JD1 News

Publicidade
Chicão

Leia Também