Logo Diario X
Aqui tem a Verdadeira Notícia
16 de junho de 2024
Coxim
24ºC

Eleições 2020

Pesquisa IPR mostra Marquinhos bem posicionado para 2020

29 SET 2019Por Redação13h:40

O Instituto de Pesquisa Resultado (IPR), realizou entre os dias 11 e 15 de setembro, levantamento que revela a intenção de votos dos campo-grandenses para a prefeitura, nas eleições de 2020.

No levantamento estimulado, foram apresentados diversos nomes aos entrevistados

No primeiro cenário divulgado pelo JD1 Notícias, o prefeito Marquinhos Trad aparece com 33,57% das intenções de votos, seguido da deputada federal, Rose Modesto, com 14,33%; do deputado estadual Coronel David, que tem 10,25%; do também deputado estadual, Capitão Contar, com 7,30% e, por último, o procurador Sérgio Harfouche, com 3,79%.

Metodologia

O instituto entrevistou 712 pessoas com idade superior a 16 anos, entre os dias 11 e 15 de setembro de 2019. A pesquisa, de natureza quantitativa e qualitativa, foi realizada em residências escolhidas pelo método de amostragem por conglomerados.

A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança de 95%

Imagem: Reprodução

O segundo cenário estimulado apresenta três novos nomes, o ex-governador André Puccinelli, o presidente da Cassems, Ricardo Ayache, e o deputado federal, Dagoberto Nogueira. Neste, Marquinhos continua liderando com 28,09%, seguido de Puccinelli com 21,21%; Rose com 10,81%; Coronel David que aparece com 9,83%; Harfouche que tem 3,09%; Ayache com 1,97% e Dagoberto com 1,69%. Confira o gráfico completo:

Imagem: Reprodução

O terceiro apresenta o ex-governador Zeca do PT e o deputado federal Beto Pereira como novidade. O resultado é: Marquinhos com 32,72%; Coronel David com 10,81%; Contar com 7,87%; Zeca com 6,88%; Harfouche com 4,35% e Beto com 1,83%. Confira o gráfico completo:

Imagem: Reprodução

Na pesquisa espontânea, figuram nomes de ministros, ex-deputado, ex-prefeitos, senadores e até o presidente Jair Bolsonaro

Neste levantamento, Marquinhos Trad tem 14,89% das intenções de votos, seguido de Puccinelli com 5,76%, Rose com 2,67%, Coronel David com 2,53%, o presidente Bolsonaro com 2,11%, o juiz Odilon de Oliveira com 1,97%, o senador Nelsinho Trad que tem 1,69%, Contar com 1,12%, o ex-prefeito Alcídes Bernal com 0,84%, o deputado estadual Lucas de Lima que tem 0,84%, o ministro Henrique Mandetta com 0,70%, 0,56% dos entrevistados querem alguém novo na política, o ex-deputado Maurício Picarelli tem 0,56%, o ex-senador Delcídio do Amaral, o deputado estadual Rinaldo Modesto, Ayache, a senadora Simone Tebet, a ministra Tereza Cristina, prefeito de Costa Rica Valdeli Rosa e Zeca do PT, têm 0,42% cada. Confira o gráfico completo:

Imagem: Reprodução

Em todos os cenários apresentados ao eleitor, o prefeito Marquinhos Trad lideraria a disputa

Quem aparece mais próximo de ser o adversário de Marquinhos é o ex-governador André Puccinelli, que diz não querer ser candidato, e tem rejeição alta. Rose Modesto aparece bem, mas sua candidatura está praticamente inviabilizada no PSDB, que se inclina em apoiar Marquinhos ou lançar o deputado Beto Pereira, que preside a legenda.

Dos outros nomes que se oferecem para desafiar Trad, ao menos até o momento, o deputado Coronel David também mostra a cara, tem bom desempenho e parece assimilar melhor os votos de Bolsonaristas, inclusive que seu algoz dentro do PSL, o também deputado Capitão Contar.

Essa vinculação com o presidente, no entanto, será mais ou menos benéfica se o governo federal estiver bem avaliado na época da eleição.

Fonte: JD1 - Joilson Francelino

M9

Leia Também