Publicidade
Marmoaria

Diário X

25 de maio de 2020
Aqui tem a Verdadeira Notícia
22º 10º
Coxim/MS
20º
Campo Grande/MS
20º
São Paulo/SP
25º 15º
Brasília/DF

Mundo

Trump quer retorno imediato de americanos que estão no Brasil, após discurso de Bolsonaro

25 MAR 2020Por Redação12h:35

Embaixada dos Estados Unidos no Brasil publicou, no final da noite de terça-feira (24), um aviso para os norte-americanos que estão no território brasileiro voltem ao EUA o mais rápido possível, a menos que estejam preparados para permanecer no exterior por um período indeterminado.

Um pouco antes da embaixada dos EUA no Brasil listar as opções de saída via aérea do território brasileiro, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez um pronunciamento pela TV.

Bolsonaro disse que, se contrair o vírus, não pegará mais do que uma "gripezinha"

O presidente afirmou que o confinamento deve ser apenas para os idosos, as demais pessoas devem voltar à normalidade, contrariando, dessa forma, especialistas e autoridades sanitárias do Brasil e do mundo que vêm pregando o “Isolamento Social” como forma de evitar a disseminação do novo coronavírus.

Mensagem dos EUA no site da Embaixada Americana em Brasília/DF:

De acordo com o Alerta de Saúde Nível Quatro do Departamento de Estado, os cidadãos dos EUA que moram nos Estados Unidos devem providenciar um retorno imediato aos Estados Unidos, a menos que estejam preparados para permanecer no exterior por um período indeterminado.  

A Embaixada dos EUA em Brasília gostaria de informar os cidadãos dos EUA no Brasil que algumas opções de voos comerciais regulares continuam disponíveis, partindo do Brasil para os Estados Unidos, mas esperamos que esse número diminua. Os cidadãos dos EUA que desejam retornar aos Estados Unidos devem fazê-lo o mais rápido possível, pois a situação da viagem está evoluindo rapidamente e a disponibilidade de voos está sujeita a alterações. Os horários de voos domésticos no Brasil também estão sendo reduzidos significativamente, e os cidadãos dos EUA atualmente fora dos gateways internacionais identificados abaixo também devem monitorar sua capacidade de obter um voo de conexão consultando o site do aeroporto mais próximo.  

Veja abaixo voos comerciais disponíveis para os Estados Unidos: 

United Airlines - São Paulo (GRU) para Washington (IAD) - o voo final antes da suspensão da rota é 25 de março

United Airlines - São Paulo (GRU) para Chicago (ORD) - o voo final antes da suspensão da rota é 25 de março

United Airlines - São Paulo (GRU) para Newark (EWR) - o voo final antes da suspensão da rota é 28 de março

United Airlines - São Paulo (GRU) para Houston (IAH) - deverá continuar o serviço diário até 3 de maio

Delta Air Lines - Rio (GIG) para Atlanta (ATL) - opera diariamente (sujeito a alterações)

Delta Air Lines - São Paulo (GRU) a Atlanta (ATL) - opera diariamente (sujeito a alterações)

Delta Air Lines - São Paulo (GRU) a Nova York (JFK) - opera diariamente (sujeito a alterações)

Azul - Campinas (VCP) para Fort Lauderdale (FLL) - o horário foi reduzido para quatro voos por semana em março e apenas um voo por semana em abril

Azul - Campinas (VCP) para Orlando (MCO) - o horário foi reduzido para quatro voos por semana em março e apenas um voo por semana em abril

LATAM - São Paulo (GRU) para Miami (MIA) - esperam reduções de cronograma 

LATAM - São Paulo (GRU) para Nova York (JFK) - esperam reduções de cronograma

LATAM - São Paulo (GRU) para Boston (BOS) - esperam reduções de cronograma

LATAM - São Paulo (GRU) para Orlando (MCO) - esperam reduções de cronograma 

Leia Também