Publicidade
Point do suco

Diário X

16 de abril de 2021
Aqui tem a Verdadeira Notícia
34º 21º
Coxim/MS
32º 20º
Campo Grande/MS
27º 15º
São Paulo/SP
29º 15º
Brasília/DF

Mundo

Alemanha e Bélgica fazem a maior apreensão de cocaína da Europa

25 FEV 2021Por Emilly Constanci21h:00

Vinte e três toneladas de cocaína foram encontradas em contêineres nos portos de Hamburgo, na Alemanha e Antuérpia, na Bélgica, de acordo com um anúncio feito pelo serviço de alfândega alemão na quarta-feira (24).

Essa é a maior apreensão de cocaína da história na Europa.

Em Hamburgo, foram apreendidas pelo menos 16 toneladas da droga que estavam separadas em cinco contêineres procedentes do Paraguai, informou a alfândega.

O resto da carga, que estava na Antuérpia, foi encontrado na mesma operação.

O valor total desses materiais apreendidos chega a "vários bilhões de euros", segundo a alfândega.

Um homem de 28 anos foi detido na Holanda, suspeito de ser o responsável pela importação das 23 toneladas de cocaína, segundo o serviço de alfândega. O destino da droga era a Holanda.

"O conjunto de megarremessas apreendidas com destino à Holanda constitui um recorde absoluto. Nunca antes tanta cocaína foi interceptada de uma só vez", disse a polícia holandesa em um comunicado.

Os funcionários da alfândega do porto de Hamburgo decidiram analisar mais de perto os contêineres paraguaios após perceberem "claras irregularidades" em seu conteúdo. As latas em questão deveriam estar repletas de massa para reboco de paredes.

"Embaixo de uma camada de mercadoria autêntica empacotada atrás da porta do contêiner, várias latas estavam na verdade preenchidas com outras mercadorias", disse a alfândega.

A investigação continua na Alemanha, Holanda e Bélgica e pode levar a mais detenções.

Colômbia, Brasil e Equador

Apesar de o porto de Hamburgo ter-se tornado um importante centro de distribuição de cocaína no continente europeu, a Antuérpia continua sendo a principal porta de entrada.

As autoridades belgas apreenderam lá quase 65,5 toneladas de cocaína em 2020. A droga geralmente é escondida em contêineres descarregados de navios.

Colômbia, Brasil e Equador são os três principais países onde a droga é embarcada. Além da Bélgica, as outras portas de entrada importantes na Europa são Espanha e Holanda .

No total, no ano passado, 102 toneladas de cocaína foram interceptadas com destino ao continente europeu, graças a um projeto internacional de aplicação da lei, implementado junto com as Nações Unidas.

G1

Publicidade
Chicão

Leia Também