Publicidade
Marmoaria

Diário X

27 de setembro de 2020
Aqui tem a Verdadeira Notícia
41º 26º
Coxim/MS
39º 25º
Campo Grande/MS
34º 17º
São Paulo/SP
33º 18º
Brasília/DF

Estado MS

UFGD volta atrás, cancela EaD e suspende as aulas por conta do coronavírus

23 MAR 2020Por Paulo Ricardo08h:00

Devido ao aumento diário de casos provocados pelo coronavírus no mundo e no Brasil, assim como, pela necessidade de medidas urgentes para minimizar a disseminação do Covid-19, a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) voltou atrás e suspendeu as aulas.

Inicialmente, a UFGD publicou no dia (16) a Portaria nº 200 que dava autonomia para os diretores das Unidades Acadêmicas, em conjunto com os respectivos coordenadores de curso de graduação e de pós-graduação, para orientar e acompanhar a execução do Plano de Ensino das disciplinas por modo remoto, utilizando as ferramentas da Educação a Distância e Tecnologias de Informação e Comunicação (Moodle, Google Classroom, Google Meet, Skype, Google Hangout, Whatsapp, FaceBook, e-mail e outras), visando minimizar o prejuízo do calendário acadêmico 2020.

Entretanto, passados dois dias, a UFGD resolveu publicar outra Portaria de nº 205, suspendendo o calendário acadêmico a partir de 18 de março de 2020 por 30 dias, podendo ser prorrogado de acordo com as orientações das autoridades competentes no âmbito nacional.

Ainda, na Portaria nº 207 de 19 de março, a UFGD autorizou a Faculdade de Educação a Distância - EaD, que finalizasse também as disciplinas dos cursos de graduação em andamento, até 31 de março de 2020, que estão acontecendo em parceria com a Universidade Aberta do Brasil. Os fomentos são da CAPES.

As atividades acadêmicas, posteriormente, serão integralmente repostas para fins de cumprimento dos dias letivos e horas-aula estabelecidos na legislação em vigor

Após a publicação das portarias, a UFGD emitiu um comunicado no dia (21), que está no seu portal, alertando a comunidade acadêmica para a importância do isolamento social voluntário.

Veja o texto na íntegra abaixo:

UFGD alerta comunidade acadêmica para a importância do isolamento social voluntário

Estudantes e servidores são orientados a ficar em casa, como ato de cidadania

As mais de 10 mil pessoas da comunidade acadêmica ligada à Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) estão afastadas das atividades na Cidade Universitária e nas demais unidades de trabalho, como estratégia de contingência ao novo Conoronavírus (COVID-19).

As aulas foram suspensas, servidores técnico-administrativos estão realizando atividades em casa, e professores criam novas rotinas de estudo e pesquisa em suas residências. Com exceção dos pesquisadores cuja presença é imprescindível na manutenção das atividades em laboratório (devido a avaliação e cuidados com seres vivos), a orientação é que todos se afastem do ambiente da universidade e FIQUEM EM CASA.

A instituição ressalta: ficar em casa, nesse momento, é um ato de cidadania! A suspensão das aulas não deve ser encarada como oportunidade para rodas de tereré, visitas, confraternizações, passeios, jantares ou almoços em restaurantes, ou qualquer atividade social.

No momento, o Ministério da Saúde está orientando toda população a adotar medidas de segurança como lavar bem as mãos, usar álcool em gel para higiene das mãos, cobrir o nariz e a boca ao espirrar, não compartilhar objetos pessoais, e EVITAR AGLOMERAÇÕES.

Também é orientação do Ministério da Saúde que todas as pessoas com sintoma de gripe, dor de garganta, febre, fiquem em casa por pelo menos 14 dias em casos leves, e apenas procurem o serviço de saúde em caso de sintomas mais graves. De acordo com o Ministério da Saúde, mesmo quem não tem nenhum sintoma da doença deve evitar abraçar, beijar e cumprimentar pessoas com aperto de mão.

O país pode declarar quarentena - e impedir a livre circulação de pessoas - caso se atinja um grande número de infectados e 80% dos leitos de UTI sejam ocupados.

Isolamento voluntário

Diante da possibilidade de quarentena, o isolamento voluntário é um dever de todos os que podem ficar em casa e evitar o contágio pelo COVID-19. Por isso, os estudantes e servidores da UFGD estão orientados a ficar em casa durante os próximos dias.

O isolamento social voluntário é uma medida para evitar que uma quantidade grande de pessoas seja infectada num prazo curto. Se grande número de pessoas forem infectadas nos próximos dias, todas vão procurar atendimento nas unidades de saúde de uma só vez, causando superlotação e risco de morte por falta de capacidade de atendimento.

A UFGD optou pela suspensão das aulas e o teletrabalho como ações que visam a contenção da transmissão do vírus, de acordo com as orientações dadas pelas autoridades de saúde em relação à pandemia do COVID-19

A universidade está, dessa maneira, contribuindo com a saúde pública brasileira, pois diminuímos a quantidade de pessoas circulando em ambientes públicos. Por isso, enfatizamos, toda comunidade acadêmica que está dispensada da sua rotina no campus deve ficar em casa.

Bem-estar no isolamento social

A fim de reduzir a sensação de insegurança e mal-estar, algumas dicas para que o período de isolamento social seja menos difícil:

Planeje uma rotina diária, com horários para acordar, fazer a higiene pessoal, estudar, trabalhar, alimentar-se, tomar água.

Busque fazer algum exercício físico dentro de casa (alongamento, flexões, dançar, etc).

Escolha um meio de comunicação de sua confiança e atualize-se uma ou duas vezes por dia com notícias sobre outros assuntos além do COVID-19.

Ler novas notícias sobre o avanço do vírus a todo momento pode causar mais ansiedade e desconforto durante o isolamento social. Também evite ler e repassar informações duvidosas em redes sociais. 

Aprecie o tempo com sua família caso estejam todos em casa ou, então, faça uso do telefone ou das redes sociais para conversar com familiares e amigos, estreitando laços

As relações sociais são muito importantes para qualquer ser humano e por isso o isolamento pode ser um momento muito difícil para boa parte das pessoas.

Acompanhe o site do Ministério da Saúde e da Universidade Federal da Grande Dourados para se manter atualizado sobre as medidas de prevenção e controle adotados.

Fonte: Portal da UFGD

Publicidade
.

Leia Também