CENARIO
Logo Diario X
Aqui tem a Verdadeira Notícia
24 de julho de 2024
Coxim
24ºC

Estado MS

Prefeito de Figueirão alerta sobre risco de desmoronamento na MS-436

2 FEV 2017Por Assessoria de Comunicação09h:54

Depois de percorrer cerca de 600 quilômetros de rodovias estaduais que dão acesso à Figueirão, ao Norte de Mato Grosso do Sul, o prefeito Rogério Rosalin (PSDB) encaminha ofício, com pedido de urgência, à Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), para revisão e obras no KM 134 da MS-436 que liga Figueirão à Alcinópolis.

“Com partes danificadas e infiltrações, a área representa grande perigo para quem trafega por ali, tanto por acidentes, como desmoronamento. Aquele área pode causar uma grande tragédia”, alerta Rosalin, considerando a proximidade do Rio Piraputanga, que em época de chuvas poderá potencializa os riscos à estrada e aos motoristas.

A Prefeitura Municipal de Figueirão chegou a realizar reparos paliativos na área, mas segundo a equipe de infraestrutura, não dispensa a urgência de reparos técnicos adequados da empresa licitada pelo Governo do Estado.

Para percorrer os 600 quilômetros de estradas, com e sem asfalto, a equipe levou cerca de 10 horas. O objetivo, segundo o secretário municipal de infraestrutura de Figueirão, Fábio Fabrin, foi realizar um diagnóstico e contribuir com os serviços estaduais. “É a chance que temos de providenciar, com agilidade, ajustes nas estradas que dão acesso à Figueirão, levando em consideração nossos futuros projetos, que incluem escoamento da produção rural, e também de estruturar o caminho para ônibus escolares que passam por essas rodovias diariamente”, esclarece. Técnicos da Sete Engenharia, empresa licitada pelo Governo de MS, participaram as vistorias, juntamente com representantes do legislativo de Figueirão.

M9

Leia Também