CENARIO
Logo Diario X
Aqui tem a Verdadeira Notícia
24 de julho de 2024
Coxim
24ºC

Estado MS

Morador pede resgate de capivara e quando polícia chega ao local encontra vizinho 'carneando' animal em MS

O caso foi registrado na cidade de Aparecida do Taboado e vizinho matou o animal com tiros, segundo a Polícia Militar Ambiental (PMA).

3 MAR 2022Por Redação/EC06h:41

Um homem de 54 anos foi preso após matar a tiros uma capivara e retirar o couro do animal para consumir a carne, segundo a Polícia Militar Ambiental (PMA), em Aparecida do Taboado (MS), a 458 km de Campo Grande, no final da tarde de terça-feira (1º). 

De acordo com a PMA, um morador solicitou o resgate de uma capivara que tinha entrado em sua propriedade e quando os policiais chegaram ao endereço, a pessoa disse que a capivara já tinha ido saído. No momento em que os profissionais se preparavam para ir embora, ouviram o disparo de uma arma de fogo.

Ao chegarem no local de onde ouviram o barulho, os policiais se depararam com uma capivara abatida, presa pelas patas traseiras em uma árvore. Um homem estava retirando o couro do animal, para obtenção da carne, segundo a PMA. 

Durante buscas nas proximidades do imóvel, foram encontradas uma arma de fogo do tipo rifle calibre 22, carregada com duas munições intactas, e uma faca.Aos policiais, o homem assumiu ter abatido a capivara com a arma. Para os policiais, o disparo ouvido teria sido o suspeito tentando matar mais capivaras. 

A arma, as munições, a faca e o corpo da capivara foram apreendidos. Segundo a polícia, a arma de fogo não tinha documentação. O homem foi preso e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil da cidade, mas foi solto após pagar fiança de R$ 1.280. 

Ele deve responder por porte ilegal de arma de fogo, que tem pena prevista de dois a quatro anos de prisão, e pelo crime ambiental de matar animal da fauna silvestre. Pelo último crime, ele pode pegar pena de seis meses a um ano de detenção. Além disso, foi multado em R$ 500.

G1 - Renata Barros 

M9

Leia Também