CENARIO
Logo Diario X
Aqui tem a Verdadeira Notícia
24 de julho de 2024
Coxim
24ºC

Estado MS

Justiça determina que comissionados da prefeitura da Capital

Segundo as informações divulgadas pela assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, a decisão é consequência de ação movida pelo Ministério Público contra a prefeitura

19 JAN 2017Por Correio do Estado08h:49

Servidores comissionados da Prefeitura de Campo Grande serão obrigados a "bater ponto", conforme decisão do juiz David de Oliveira Gomes Filho, titular da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos. A regra vale para ocupantes de cargos em comissão, de assessoramento, de direção ou de chefia.

Segundo as informações divulgadas pela assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, a decisão é consequência de ação movida pelo Ministério Público contra a prefeitura em que O MP solicitou a suspensão do registro de frequência em papel.

Este tipo de controle de presença foi instituído em 2012 pelo então prefeito, Nelson Trad, e desobriga servidores em cargos de chefia a registrarem a frequência diariamente.

O MP entendeu que a ausência do registro de ponto favorecia a existência de "funcionários fantasmas" e pediu pela suspensão desta regra.

Para o juiz, “a determinação de registro do ponto diário destas pessoas não se mostra como um ônus insuportável aos servidores, pois, se todos trabalham, o único esforço que terão que fazer é o de marcar diariamente o horário de entrada e o horário de saída, preferencialmente pelo meio eletrônico. O benefício deste registro é muito maior do que as dificuldades que possa gerar”, ressaltou.

O juiz informou ainda que a decisão não alcança agentes políticos como secretários, procurador-geral e vice-prefeito, por exemplo.

M9

Leia Também