Diário X

11 de dezembro de 2019
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Esporte

Juventude vira sobre o Libertá e conquista o bicampeonato Municipal

4 DEZ 2019Por Redação17h:54

"O Juventude é o time da virada, o Juventude é o time do amor" foi este o canto entoado pela apaixonada torcida após o apito final que confirmou o bicampeonato do Juventude, terceiro consecutivo.

Assim como aconteceu nas quartas de final, a equipe que chegou a estar perdendo por 3 a 1, renasceu das cinzas e buscou uma virada histórica por 4 a 3, na noite do último sábado (30/11), no estádio André Borges, em Coxim/MS.

A partida, que começou com o Juventude um pouco melhor, ganhou rumos diferentes quando aos 20 minutos, Érico cruzou da esquerda e Geilson cabeceou para o fundo da rede.

O que já estava ruim para o Juventude ficou ainda pior aos 33 minutos. Geilson aproveitou a boa jogada de Fernandinho e ampliou para o Libertá.

No segundo tempo as esperanças renasceram para o Juventude, logo aos 2 minutos com Bidú, que ganhou do goleiro Mateus Lobo e descontou.

Porém logo aos 7 minutos Tarsis fez o terceiro do Libertá cobrando falta e jogou um balde de água fria nas pretensões do técnico Arlix.

Mas o que parecia impossível foi se tornando real. Com 25 minutos jogados, Robinho aproveitou uma falha infantil do zagueiro Joel e fez o segundo do Juventude.

Três minutos depois foi a vez de Marquinhos fazer o seu e empatar para o time da ponte.

O gol do título foi marcado aos 39 minutos com o veterano Arvinha fazendo lançamento para Bidú que não conseguiu emendar e a bola foi morrer lentamente no fundo do gol de Mateus Lobo.

O gol gerou bastante revolta por parte de alguns jogadores e membros da comissão técnica do Libertá que reclamaram de uma suposta falta não marcada no início da jogada e o policiamento teve que ser acionado para evitar uma confusão generalizada.

Após a paralisação, o técnico Arlix fechou sua equipe e segurou o placar até o apito final.

Fonte: Esportelive - Rafael Gomes

Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também