CENARIO
Logo Diario X
Aqui tem a Verdadeira Notícia
17 de julho de 2024
Coxim
24ºC

Coxim MS

"Raio X" da Praça do BNH de Coxim

20 JAN 2017Por Valdeir Simão10h:56

Praças Públicas são espaços de convivência e marcos simbólicos de uma cidade ou de um bairro, mas o que deveria ser um local destinado ao lazer e a diversão se tornou um cenário de abandono e descaso. Essa é a situação da Praça Mato Grosso do Sul (BNH), localizada no centro do Bairro Jardim dos Estados.

A grande extensão territorial da Praça do BNH é dividida em três quadras, que devido a falta de serviços de melhorias e manutenção, fizeram com que o patrimônio público fosse degradado. O que deveria ser o cartão postal e espaço de lazer do bairro, transformou-se em um problema de saúde pública e extremo perigo, causando até medo na população, principalmente para os moradores.

A Praça do BNH e a Praça do Pé-de-Cedro foram obras amplamente divulgadas pelo Prefeito Aluizio São José (PSB), que há anos comunica em material impresso a revitalização das mesmas, principalmente nas programações de aniversário de Coxim e por inúmeras vezes, vereadores da legislatura anterior, fizeram insistentes reivindicações para o início das obras.   

Veja o "Raio X" da situação atual da praça do BNH (Acesse também a Galeria de Fotos pelo link: https://goo.gl/S41lUS):

1) Iluminação: Um dos graves problemas da praça do BNH é a deficiência na iluminação pública. O local é dividido em três quadras: na primeira quadra possui algumas lâmpadas, mas com baixa luminosidade e postes pequenos, já nas outras duas quadras a situação é pior, a escuridão é quase total, trazendo insegurança para os moradores próximos, ou seja, sem condições de ser frequentada no período noturno.

2) Conservatório Zacarias Mourão: Na praça do BNH funcionava o Conservatório Musical Zacarias Mourão, que era uma escola de música muito conhecida, responsável pela formação de muitos coxinenses, entre eles, João Bosco e Vinícius que são conhecidos nacionalmente.

3) Instalações Físicas: As instalações físicas existentes estão com graves problemas elétricos, hidráulicos e com muitos vidros quebrados.

4) Utilização Atual:  Nas precárias instalações físicas da praça reside o Sr. Fabio Almeida da Silva, que comunicou a reportagem do Diário X que ministra aulas de bateria para cinco crianças durante o dia. A noite ele realiza o trabalho de vigia noturno, recebendo dos moradores de vinte a cinqüenta reais por mês, que o auxilia na  sobrevivência e na compra de remédios, pois tem graves problemas de saúde.

5) Ruas com buracos e sujeira: Além dos problemas existentes em toda a extensão da praça, as ruas em volta se encontram com grande quantidade de buracos e sujeira, principalmente de folhas e terra que tem dificultado a circulação dos pedestres, cadeirantes, ciclistas, motociclistas, veículos e caminhões.   

6) Emenda Parlamentar:  De autoria do ex-deputado federal Antonio Carlos Biffi (PT), o município de Coxim foi contemplado no Ministério do Turismo com a emenda parlamentar nº 14370014, no valor de R$ 975.000 (novecentos e setenta e cinco mil reais) para a revitalização das praças do BNH e do Pé-de-Cedro.

Na praça do BNH o projeto inclui: a construção de quadras de futebol society, de vôley de areia, cancha de bocha, pista de caminhada, playgroud, iluminação e paisagismo.  

7) Processo Licitatório: Em contato com o Sr. Reinaldo Mello, Engenheiro da Prefeitura de Coxim, o mesmo informou para a redação do Diário X que todas as formalidades do processo licitatório foram realizadas, mas até o dia de ontem (19) não houve nenhum repasse de recursos por parte da Caixa Econômica Federal (CEF) para o início das obras. Segundo Reinaldo, irão solicitar a prorrogação da vigência do convênio com o Ministério do Turismo.

No entanto, segundo informações obtidas pelo Diário X, o Governo Federal mudou a sistemática de transferência de recursos. A empresa vencedora deve iniciar a obra com recursos próprios e conforme vai dando andamento faz-se a medição do que foi construído e aí sim, o Governo Federal, no caso, a CEF faz o repasse do dinheiro.

8) Vigência do Convênio: No Sistema de Convênios (SICONV) do Governo Federal, o convênio de revitalização das praças do BNH e do Pé-de-Cedro se encerra em breve, ou seja, no dia 30 de abril de 2017. 

Convênio para as praças de Coxim-MS. Fonte: transparencia.gov.br
M9

Leia Também