CENARIO
Logo Diario X
Aqui tem a Verdadeira Notícia
24 de julho de 2024
Coxim
24ºC

Coxim MS

Projeto social leva judô aos jovens dos bairros de Coxim

9 FEV 2017Por Diário do Estado MS09h:42

Organizado pelo acadêmico de Educação Física Edimir Kenedi e pelo sensei Rafael Martins em Coxim, o Projeto Social de Judô Min Tai Kan está ministrando gratuitamente, aulas de judô para crianças a partir de 5 anos, jovens e adultos de qualquer idade nos bairros mais afastados do centro da cidade. 

O projeto foi iniciado no prédio do PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil) do Senhor Divino e se estende ao Ginásio de Piracema com o apoio do projeto Band Comunidade, além da participação de Tiago Mariano – acadêmico de Educação Física –, do monitor Anderson Santos e da professora de Educação Física, Gabriele Campos que cedeu o espaço no PETI do Senhor Divino. 

Kenedi ressaltou que o projeto é voluntário, ministrado de forma gratuita e é aberto ao público em geral, e que, para participar do projeto, crianças e jovens devem estar frequentando escola, além de ter um desempenho escolar bom com notas na média.

Kenedi fez questão de salientar que todo profissional de Educação Física deve fazer a diferença na vida das crianças tanto na formação histórico-crítico, quanto na vida social. O sensei Rafael Martins contou que o tatame usado para as aulas atualmente, pertence à Escola Marechal Rondon e foi cedido temporariamente para o projeto. Preocupado, ele revelou ainda, que quando o ano letivo iniciar, o tatame será devolvido e o projeto social pode ser interrompido pela falta do material de trabalho. 

Além disso, o sensei Rafael Martins disse que os alunos não usam quimonos, pois não existem patrocinadores ou parceiros para fornecer o material necessário aos judocas. Martins reforçou sua fala comentando que aqueles que puderem ajudar para que o projeto siga em frente pode entrar em contato com ele através do fone 9.9675.1212. 

Vale destacar que o sensei Rafael Martins ministra aulas de judô a 11 anos em Coxim e é filiado à Federação de Judô de Mato Grosso do Sul (FJMS) e à Confederação Brasileira de Judô (CBJ). As aulas do projeto acontecem às terças, quintas e sábados, das 18h às 20h, no Ginásio do Piracema.

M9

Leia Também