Publicidade
Marmoaria

Diário X

28 de maio de 2020
Aqui tem a Verdadeira Notícia
27º 12º
Coxim/MS
25º 11º
Campo Grande/MS
20º
São Paulo/SP
25º 11º
Brasília/DF

Campo Grande MS

Guarda é procurado por matar 2 a tiros e ferir mulher em caso de feminícidio

1 MAR 2020Por Redação16h:02

Um homem de 32 anos e uma mulher de 28 morreram na madrugada deste domingo (1º), na Rua Aruajá, no Jardim Noroeste, em Campo Grande/MS, depois de serem vítimas de tiros. Uma terceira vítima, outra mulher de 31 anos, ficou ferida e foi levada para a Santa Casa.

Conforme apurado pela reportagem, o guarda municipal Valtenir Pereira da Silva, 35 anos, matou a ex-esposa Maxelline Santos, e Steferson Batista de Souza, dono da casa. A esposa do homem assassinado, Camila Telis Bispo, 31 anos, foi baleada nas costas.

Segundo levantado, ele atirou nas pessoas e depois deixou o lugar de carro. O caso foi atendido primeiro da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, e diante das circunstâncias apuradas, foi repassado para a Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher).

Procurada, a Guarda Civil Municipal de Campo Grande informou que está acompanhando o andamento das investigações, mas só vai se pronunciar na segunda-feira.

No ano passado, Mato Grosso do Sul teve 31 casos de feminicídio, que traz a faceta cruel de ser um crime de ódio contra as mulheres. No comparativo com 2018, a queda foi de apenas 3,1%, quando foram registrados 30 casos.

Fonte: Campo Grande News - Aline dos Santos e Maressa Mendonça

Leia Também