TAVEL
Logo Diario X
Aqui tem a Verdadeira Notícia
07 de dezembro de 2021
35º 24º
Coxim/MS
33º 23º
Campo Grande/MS
21º 15º
São Paulo/SP
27º 19º
Brasília/DF

Brasil

Inmet desmente Defesa Civil e assume autoria de tabela sobre ventos de 100 km/h

22 OUT 2021Por Redação/EC19h:08

Depois da Defesa Civil de Mato Grosso do Sul e Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima) classificarem a tabela contendo previsão assustadora para Mato Grosso do Sul como falsa, o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) assumiu a autoria das informações. Diretor do instituto, Miguel Ivan Lacerda de Oliveira explicou que a tabela foi elaborada a pedido da Energisa, concessionária do abastecimento de energia no Estado, que após tempestade de areia do dia 15, teve trabalho triplicado por pelo menos quatro dias para refazer as mais de 5 mil ligações de energia prejudicadas.

Ao Campo Grande News, Miguel relatou que a concessionária fez contato com o Inmet pedindo informações detalhadas sobre a previsão para o fim de semana. “Eles queriam saber se poderiam evitar novos problemas. Inclusive, os dados são relacionados aos municípios que corriam risco”.

Ainda de acordo com o diretor do instituto, todos os dados concentrados na tabela estão disponíveis no aplicativo no Inmet, mas em formato de mapa, com alguns detalhes para cada cidade. A tabela criada esta semana foi enviada à Energisa como teste. “Apenas transformamos os dados em tabela. Estamos tentando um novo modelo do supercomputador e só vamos melhorar o modo de divulgação”.

Miguel informou que o Instituto elaborou uma nova tabela com informações atualizadas sobre a previsão para os próximos dias. “Precisamos destacar que é uma previsão, isso não significa que vai acontecer exatamente como o divulgado".

Conforme a tabela, Mato Grosso do Sul possui previsão para ventos mais fortes do que 100 km/h e possibilidade de granizo durante sábado (23) e domingo (24).

Na manhã desta sexta-feira (22), o Cemtec-MS (Centro de Monitoramento do Tempo, Clima e Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul) e a Defesa Civil estadual negaram a veracidade dos dados divulgados na tabela. Em entrevista ao Campo Grande News, o comandante da Defesa Civil, coronel Fábio Santos Coelho Catarineli, explicou que as informações não tinham fonte oficial.

Em nota, a Energisa explicou que a tabela foi encaminhada para seus parceiros e colaboradores, "no sentido de manter o plano de contingência e alertar a população sobre possíveis intercorrências com a rede elétrica".

Confira abaixo a nova tabela, que possui pequenas alterações em relação à anterior:

Ceres

Leia Também