CENARIO
Logo Diario X
Aqui tem a Verdadeira Notícia
19 de maio de 2024
Coxim
24ºC

Assembleia Legislativa de MS

Presidente da ALEMS destaca mobilização dos Estados e voluntários em socorro aos gaúchos

15 MAI 2024Por Redação/EC20h:16

A ação coordenada das três instâncias do poder público, combinada com o trabalho voluntário de brasileiros de todas as regiões do País no socorro às vítimas da tragédia climática do Rio Grande do Sul, tem sido fundamental para salvar vidas, minorar o sofrimento de quem perdeu tudo  e está desabrigado. A avaliação é do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Gerson Claro, ao manifestar apoio a moção de congratulação, de autoria do deputado Roberto Hashioka, mas encampada pelos 24 deputados, ao trabalho que os bombeiros de Mato Grosso do Sul estão realizando nas cidades gaúchas mais atingidas pelas enchentes.

"Em momentos como este, de comoção nacional, fica evidenciado que o brasileiro é solidário, abraça causas humanitárias,  revelando o verdadeiro espírito da brasilidade. Essas enchentes demonstraram mais uma vez a importância do poder público  agir de forma articulada.  Os estados juntaram suas forças de segurança , estruturas de defesa civil para reforçar o trabalho do aparato público gaúcho", destacou o  presidente da ALEMS.

Na opinião de Gerson Claro não faz sentido em meio a essa situação de calamidade, incentivar narrativas polarizadas que estão contaminando o ambiente político. "O momento é de juntar forças . O trabalho voluntário é importante ,  complementa  da presença do poder público no socorro aos desabrigados", destacou.

Até o início da semana, as equipes de Mato Grosso do Sul haviam resgatado 312 pessoas , 271 animais e ainda realizaram 62 ações humanitárias. No sábado passado , saíram  mais oito militares rumo a São Leopoldo (RS) e na  segunda-feira (13) seguiram viagem mais três bombeiros acompanhados da cadela Laika, para ajudar nas buscas. No grupo tem especialistas em salvamento terrestre, aquático e de altura, além de mergulhadores. Eles se juntarão a primeira equipe que seguiu para a cidade gaúcha no começo do mês.

Já a cadela de busca Laika, que é da raça pastor holandês, foi para o estado gaúcho nesta segunda-feira com mais três bombeiros militares. Eles vão para cidade de Encantado. O objetivo é atuar em locais que tiveram deslizamentos, nas buscas por pessoas desaparecidas.

O cão farejador é altamente preparado para estas situações, tanto que já recebeu a Certificação Nacional de Cães de Busca e Resgate. Ela é aprovada para buscas urbanas, inclusive tendo autorização para atuar em ocorrências em todo Brasil. Seus treinamentos são constantes para estar apto a atuar em situações como que enfrenta o Rio Grande do Sul.

Apoio e solidariedade

Além das equipes do Corpo de Bombeiros, Mato Grosso do Sul também tem outras frentes de ajuda ao povo gaúcho. Foi enviado no dia 4 de maio um helicóptero esquilo, prefixo PT-FRN da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul). Ele conta com cinco militares especialistas em busca e salvamento, que já realizou uma série de resgates de pessoas, entre elas crianças, idosos e até gestantes.

O Governo do Estado  iniciou nesta segunda-feira (13) o embarque de 15 mil cobertores doados para o estado gaúcho. O envio é feito por via aérea e todo o trabalho de transporte é organizado pelo Corpo de Bombeiros e Defesa Civil Estadual.

A população de Mato Grosso do Sul também pode ajudar as vítimas com doações. Todas as escolas da Rede Estadual e unidades das forças de segurança estadual, como Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, além do Centro de Convenções Albano Franco e o edifício da Fiems, estão arrecadando alimentos não perecíveis, produtos de higiene e de limpeza, água mineral, roupas de cama e banho e roupas e calçados em bom estado.

Flávio Paes/Agência Alems

M9

Leia Também