Diário X

25 de maio de 2019
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Politica

Deputado Estadual Capitão Contar coloca-se a disposição em defesa dos Servidores de Coxim

17 MAI 2019Por Redação/ML10h:11

Na quarta-feira dia 15, o SINSMC foi recebido na Assembleia Legislativa do Mato Grosso do Sul pelo Deputado Estadual Capitão Contar (PSL).  Através da interlocução do Advogado do SINSMC, Dr. Caio Campos, o Presidente da entidade Paulo Monteiro, entregou nas mãos do Capitão Contar um breve histórico da triste realidade em que os servidores públicos municipal de coxim vivem.

Em anexo, alguns requerimentos de providencias quanto a situação de atraso salarial e de repasses da folha de pagamento que duram mais de quatro anos, principalmente a falta de fiscalização pelos órgãos competentes do Município e Estado.

Segundo o Deputado, ele vai estudar toda a situação e tomar as providencias ao seu alcance,” vindo esse pedido do meu amigo Caio, com certeza estarei estudando juntamente com nossa equipe, é preocupante!, mas no mais rápido tempo faremos os encaminhamentos necessários” disse o Capitão Contar que colocou-se a disposição em defesa dos Servidores de Coxim.

Para o SINSMC, foi um verdadeiro pedido de socorro, pois a Omissão diante das inúmeras denúncias e a falta de fiscalização sobre o Poder Executivo, permitiu que a situação financeira do Município entrasse em colapso, gerando atrasos e muita indignação por parte dos Servidores Municipais

“em 2017 e 2018 os servidores tiveram atrasos de pagamentos que passaram de 48 dias, e a nossa preocupação é maior esse ano, pois a Prefeitura de Coxim não organizou a folha de pagamento nos melhores meses de arrecadação, que é, Janeiro, Fevereiro, Março e Abril. Os Servidores querem uma solução, querem respeito, por isso estamos aqui em busca de apoio para que os órgãos de fiscalização reajam e possam restabelecer a ordem financeira do município” relatou Caio Campos.

Os Servidores Municipais de Coxim estão em Estado de Greve, pois o poder executivo não cumpriu os compromissos firmados diante da suspensão temporária da Greve Geral de outubro de 2018. Os servidores mantém os serviços e atendimentos normalmente, e a qualquer momento a categoria se reunirá novamente em Assembleia Geral para deliberar GREVE GERAL e Paralisação, conforme a Legalidade.

Esta entidade Sindical buscará em todas as instâncias possíveis, a solução para as mazelas, para que todos os servidores possam ter a dignidade de receber o seu salário em dia, Plano de Saúde.

O SINSMC já solicitou apoio Jurídico e estrutural para a Federação Sindical dos Servidores Públicos Estaduais e Municipais do estado de Mato Grosso do Sul – FESERP/MS

SINSMC Lado a Lado com Você Servidor

Fonte: SINSMC

Enquete

Como você avalia os três primeiros meses de gestão do presidente da República Jair Bolsonaro (PSL)?
Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também