Publicidade
Point do suco

Diário X

26 de julho de 2021
Aqui tem a Verdadeira Notícia
36º 20º
Coxim/MS
34º 19º
Campo Grande/MS
28º 13º
São Paulo/SP
26º 13º
Brasília/DF

Política

Bitto Pereira lidera pesquisas prévias para eleições da OAB em MS

Conforme percentual do Instituto Ranking, disputa promete ser acirrada com Rachel Magrini

21 JUL 2021Por Redação/TR17h:04

Se a eleição para presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) Seccional Mato Grosso do Sul fosse hoje o candidato Luis Cláudio Alves Pereira, conhecido como Bitto Pereira teria ganhado com 38,43% dos voto. O levantamento feito pelo Instituto Ranking foi feito entre os dias 12 e 16 de julho.

Conforme os números, em segundo lugar, a advogada Rachel Magrini, receberia 27,14% dos voto. Em seguida aparece a advogada Giselle Marques, com 9,57% da preferência do eleitor. As eleições para sucessão do mandato de Mansour Karmouche estão previstas para a segunda quinzena de novembro.

Vale destacar que a pesquisa ainda identificou 24,86% do eleitorado ainda indeciso. Esse grupo ou não respondeu, ou disse que votará nulo ou em branco. A pesquisa também analisou o índice de rejeição dos candidatos.

Os números do Instituto Ranking mostram a advogada Giselle Marques como a mais rejeitada, com 13,2%. Em seguida, aparece Rachel Magrini com 11,57%.  Já 7,14% dos entrevistados disseram que não votariam em Bitto.

No entanto, o grupo que não votaria nos três, ou seja, que não rejeita nenhum deles, ou que pretende votar em branco ou nulo, ou que não respondeu a pesquisa, soma 68% dos entrevistados.

Ao todo foram entrevistados 700 advogados em 30 cidades do Estado. Lembrando que a margem de erro é de 5% para mais ou para menos. O índice de confiança é de 95%.

Comparativo

O Instituto Ranking ainda divulgou o comparativo com a pesquisa atual e a realizada pelo Ipems, entre os dias 27 e 28 de maio. De acordo com o levantamento, os números permanecem parecidos.

Na pesquisa anterior, Bitto estava na liderança da disputa, com 37,47% da preferência dos advogados. Na segunda posição aparecia Rachel Magrini, com 25,93% da preferência dos eleitores da OAB-MS. A terceira posição é de Giselle Marques: 10,51%.

O volume de indecisos era de 24,21%, enquanto 1,88% dos entrevistados disse que não votaria em nenhum dos candidatos. A pesquisa foi realizada entre os dias 27 e 28 de maio, e 218 pessoas foram entrevistadas em todo o Estado. A margem de erro é de 6,64% para mais, ou para menos. 

Gabriela Couto - Campo Grande News

Publicidade
Chicão

Leia Também