Polícia

Amigos são sequestrados em casa por suspeitos encapuzados e um acaba morto a tiros

Um jovem também foi ferido a tiros e outro a facadas

12/05/2022 23:30


Jhony Mendonça, de 22 anos, foi assassinado a tiros na manhã desta quinta-feira (12), após ser sequestrado com outros amigos por um grupo de quatro homens encapuzados. O corpo foi encontrado em uma área de mata em Costa Rica, cidade a 384 quilômetros de Campo Grande.

Conforme as informações da Polícia Militar, equipe foi acionada por uma testemunha, relatando que o marido tinha socorrido um rapaz com cortes no rosto. Foi identificado que este homem tinha sido vítima de tentativa de homicídio, com outros três amigos.

O grupo foi sequestrado na casa de Jhony nesta quinta, por quatro homens encapuzados. Jhony foi morto com dois tiros no pescoço. Outra vítima foi ferida com tiros nas costas, o terceiro teve ferimentos a facadas e ainda haveria uma quarta vítima, que fugiu do local.

Os quatro rapazes tem várias passagens pela polícia. Quando adolescente, Jhony participou do homicídio do pecuarista Oscar Serrou Camy, de 78 anos, e da filha, Marta Serrou Camy, de 44 anos. O crime aconteceu na cidade de Pedro Gomes em 2013.

Junto com outros comparsas, ele invadiu a casa das vítimas. O pecuarista foi agredido até perder os sentidos e a filha foi estuprada pelos acusados. Ela ainda foi esganada e colocada ao lado do pai, que estava desmaiado.

Os criminosos atearam fogo nas vítimas, que morreram no local. Jhony foi o primeiro identificado e um comparsa, Anderson de Jesus Andrade, foi presoanos depois, em junho de 2019.

Renata Portela - Mídiamax 


Redação/PL