Estado MS

Mãe que 'raptou' bebê já perdeu a guarda de 4 crianças; família será assistida

Mulher levou o bebê da Maternidade Cândido Mariano no último domingo; Conselho Tutelar acompanha o caso

27/01/2022 16:39


O Conselho Tutelar de Ribas do Rio Pardo-MS, local onde residem parentes da mulher que levou o bebê recém-nascido da Maternidade Cândido Mariano, no último domingo (23), disse que a família está sendo assistida e acompanhada pelo órgão.

Sem dar muitos detalhes, o conselheiro tutelar Fernando afirmou que a instituição vai garantir acompanhamento detalhado da criança, assim que ela tiver alta da Santa Casa de Campo Grande e chegar ao município.

“A gente está fazendo o acompanhamento a partir do momento que a criança chegar no município. Não posso falar sobre os outros acompanhamentos relacionados as outras crianças porque é segredo de Justiça”, disse.

Fernando afirmou também que a mulher chegou a cidade com o bebê, após o fato ocorrido na Cândido Mariano, e a avó paterna foi quem acionou as autoridades. O bebê foi transportado via Vaga Zero para Campo Grande na segunda-feira (24), onde deu entrada na Santa Casa, e continua internado.

No domingo, a Maternidade acionou o Conselho, após a mulher adentrar na UTI Neonatal por volta das 21h, colocar o filho em uma bolsa e fugir. O bebê estava internado e não tinha tido alta médica. 

Em nota da Maternidade foi indicado que a mãe é usuária de drogas e esse é o quinto filho a nascer. A mulher teria fugido com o bebê de volta para Ribas do Rio Pardo por medo de perder a guarda como ocorreu com os outros quatro. O hospital informou que as outras crianças estão sob cuidados da avó materna.

A Maternidade Cândido Mariano abriu sindicância para apurar o caso e realizar mudanças internas. 

Rayani Santa Cruz - Top Mídia News


Redação/TR