Política

Ministra Tereza Cristina pode dar 'tchau' para o DEM e migrar para o PP

Ela pretende concorrer ao senado e mantém diálogos com partido

24/07/2021 16:00


A ministra da Agricultura, Tereza Cristina está a um passo de deixar o Democratas e migrar para o Progressistas. O DEM possui líderes com certa indisposição ao presidente Jair Bolsonaro e até um presidenciável como é o caso do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta.  Por isso, a governista vem mantendo conversas amistosas com o PP para disputar eleições em 2022.

Tereza Cristina já deixou claro que pretende concorrer a um cargo federal com preferência ao Senado e já vem planejando o futuro em Mato Grosso do Sul. O presidente regional do PP, deputado Evander Vendramini afirmou que fez o convite a ministra, que anda um tanto desconfortável no DEM.

“Temos a possibilidade de a ministra Tereza Cristina vir para o partido e sair ao Senado. Tudo ainda é diálogo. Para gente seria uma honra receber uma pessoa como a Tereza e a gente torce muito pela vinda”, disse Evander que também torce para a filiação do presidente Jair Bolsonaro ao partido.

As especulações sobre os rumos de Tereza Cristina são muitos. Nos bastidores, há quem diga que ela será candidata a vice-presidente ao lado de Jair, mas não há nada oficial, até o momento.

A ministra ainda não falou abertamente sobre possível ruptura com o DEM, mas se decidir realmente sair deverá fazer no período e janela eleitoral, já que foi eleita a deputada federal e está licenciada do cargo, ocupado por Bia Cavassa (que entrou no lugar do secretário estadual de saúde, Geraldo Resende, primeiro suplente).

TopMídia News - Rayani Santa Cruz 


Redação/EC