Diário X

16 de junho de 2019
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Estado MS

Mãe sabia de abuso contra a filha e não denunciou por medo, diz polícia

Caso chegou à polícia por meio de denúncia anônima no dia 11 de março

14 MAR 2019Por Redação/TR10h:23

A mãe da menina de cinco anos que foi estuprada pelo pai, de 26 anos, sabia do abuso há pelo menos uma semana antes do caso chegar à polícia por meio de denúncia anônima. Na DPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), ela contou que não denunciou o crime antes por medo.

Conforme informações da delegada Franciele Candotti, a mãe contou que percebeu o comportamento estranho da criança e perguntou o que havia acontecido. A menina relatou os abusos, a mãe filmou e mostrou ao marido quando ele chegou em casa, ameaçando denunciar o caso à polícia. Segundo a delegada, o pai da criança chegou a questionar quem iria sustentar a casa se ele fosse preso.

A mãe da criança, que está grávida, procurou a igreja e foi aconselhada a denunciar o caso. Porém, ela não procurou a polícia. Quando a história chegou à delegacia, no dia 11 de março, a Polícia Militar foi até a casa da família, mas o suspeito estava no trabalho. Ele também não havia passado a noite na residência.

Preso no trabalho, o pai confessou o crime, mas afirmou que o estupro ocorreu apenas uma vez. A criança, porém, relatou mais de um abuso.

O suspeito está solto e, por enquanto, responderá pelo crime em liberdade porque não houve flagrante. A Justiça concedeu medida protetiva e o pai está proibido de se aproximar da criança.

O caso segue investigado pela DPCA.

Fonte: Campo Grande News - Kerolyn Araújo e Mirian Machado

Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também