Diário X

22 de julho de 2019
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Economia

Contribuinte trabalhou 5 meses só para pagar R$ 108 bi em impostos em MS

Além de impostos, cidadão ainda vai trabalhar mais um mês neste ano só para pagar os rombos da corrupção no país, revela IBPT

4 JUN 2019Por Redação/ML21h:22

Os sul-mato-grossenses já pagaram neste ano mais de R$ 108 bilhões em impostos e só devem começar a usufruir integralmente de toda a sua renda a partir desta semana. De acordo com estudo realizado pelo IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação), cada brasileiro trabalha 153 dias de um total de 365 dias do ano para pagar tributos.

Se for considerado cálculo, até domingo (2), todos os dias trabalhados seriam somente para pagar os tributos do governos federal, estadual e municipal.

O IBPT considerou vários impostos pagos pelo contribuinte, como imposto de renda, INSS, contribuições sindicais, PIS, Cofins, ICMS, IPTU, IPVA, taxas (limpeza, iluminação e coleta de lixo) entre outros.

Diante do cenário que o estudo apresenta, Vera Lúcia dos Santos Silva, 40, desempregada, acredita que as classes mais baixas são as mais prejudicadas. “Tem rico que deixa de pagar imposto enquanto tem pobre que anda em dia. Quem tem menos é mais prejudicado. E você não vê retorno do imposto que você paga. Só enxerga o que sai. Antes você sobrevivia com um salário mínimo, hoje não dá”, disse.

O estudo também revela que os brasileiros estão trabalhando cada vez mais para pagar impostos. Na década de 70, por exemplo, o período anual consumido pelos impostos era de dois meses; na década de 90 três meses; e a partir de 2010 cinco meses. Isto é, hoje se trabalha mais que o dobro do que se trabalhava na década de 70 para pagar a tributação.


Em busca de emprego, Vera Lúcia diz que alta carga tributária prejudica os mais pobres (Foto: Marina Pacheco)

Fonte: Ronie Cruz/Campo Grande News

Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também