Diário X

16 de outubro de 2019
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Boca Pequena

CARA SEM MORAL

27 MAR 2019Por Valdeir Simão16h:57

Em recente solenidade de inauguração de obras no município de Bandeirantes, com a presença do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, do secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, além de prefeitos e vereadores, um fato estranho chamou a atenção de quem participou da solenidade. Momento que se não fosse trágico, seria cômico.

O ministro da Saúde, durante todo o evento, enalteceu por várias vezes, as qualidades de todos os prefeitos da região norte, que às vezes em tom de total informalidade e intimidade, se referiu a eles com extrema gentileza e companheirismo, falando da eficiência dos gestores dos respectivos municípios.

A única exceção foi um prefeito "santo", que teve o nome lembrado pelo ministro apenas uma única vez. Exatamente isso, uma única vez.

Como se não bastasse tamanha indiferença, o ministro em determinado momento se referiu ao secretário municipal de Saúde do mesmo município, como "O CARA DE UMA PASTA AZUL", que lhe entregou alguns documentos.

No momento da citação do secretário, o dito cujo, com sorriso amarelo, ao invés de ficar quieto e passar despercebido, ainda levantou a pasta para ser identificado pelos presentes.

Os cidadãos do município que estavam na solenidade, disseram que pediram naquele momento que o chão se abrisse, para que deixassem de passar por aquele terrível vexame.

Parece que o ministro sabe o que tem acontecido no município, principalmente na área da Saúde. Ele deixou entender que tem conhecimento que muito dinheiro já foi destinado para a cidade, principalmente para o hospital e que não há quantidade que chega.

É o conhecido saco sem fundo

Ao contrário da expressão usual "Você é o cara!", que significa dizer que a pessoa tem qualidades que outra pessoa admira muito, nas palavras do ministro, parece que ele quis dizer: "Um cara qualquer, que ele não sabe nem o nome". 

Lamentável para o município, que ao contrário das demais localidades, não levou nenhuma apresentação artística e cultural para apresentar ao ministro.

Nem parece que a cidade é tão rica de talentos

Para completar o vexame que passaram na solenidade, o ministro Luiz Henrique Mandetta se comprometeu a visitar vários municípios, inclusive municípios de pequena quantidade populacional, menos o desses incapazes camaradas, que tem envergonhado o município.

Nem mesmo um delicioso e famoso pote de doce da Vô Biga eles levaram, que tenho certeza, agradaria mais o ministro do que toda a cúpula governamental que compareceu, fazendo parte da má falada e incompetente gestão.

Ninguém merece. Valei-me São José!!!

Foto: Reprodução
Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também