Diário X

16 de dezembro de 2018
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Acidente

Com licença cancelada, avião que caiu em MT é de empresário MS

À reportagem, o comerciante que também é assessor parlamentar na Câmara de Ponta Porã disse que vendeu a aeronave há 5 anos

6 DEZ 2018Por Redação/TR18h:00

O piloto John Cleiton Venera e copiloto Marcelo Balestrin, que estavam desaparecidos, desde a última sexta-feira (30), após queda de avião na Serra do Mangaval, em Cáceres-MT foram localizados na terça-feira (4) com vida pela Força Aérea e Ciopaer (Centro Integrado de Operações Aéreas).

Conforme a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a aeronave Cessna Aircraft, prefixo PT-ICN, está em nome do empresário de Ponta Porã, Wilson Cheris Vera e não deveria estar voando, pois está com a licença cancelada.

Wilson também se candidatou ao cargo de vereador no município, em 2008, pelo PSB (Partido Socilista Brasileiro), não foi eleito e, atualmente, atua como assessor parlamentar da Câmara, com cargo comissionado - não efetivo.

Ao Campo Grande News, o assessor disse que vendeu o avião há cerca de 5 ou 6 anos e confirmou que a aeronave não poderia estar em atividade, por conta das documentações atrasadas. Ainda segundo Wilson, há vários anos cobra dos compradores a transferência.

As vítimas - John quebrou uma perna e Marcelo as duas. As vítimas foram levadas para o Hospital Santa Rosa em Cuiabá e passam por cirurgia, na manhã de quarta-feira (5). Apesar de terem sido encontrados conscientes, os dois tripulantes estavam desidratados e ainda não revelaram as causas da queda, por orientação médica.

A aeronave decolou da cidade de Pimenta Bueno (RO) com destino a Santo Antônio do Leverger, conforme publicação do Folha Max, de Cuiabá.

Fonte: Campo Grande News - Danielle Valentim e Helio de Freitas, de Dourados

Enquete

Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para prefeito de Coxim?
Resultados
Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também