Diário X

23 de junho de 2018
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Política

Empresa de alimentos é interditada por irregularidades no armazenamento

Denúncia chegou ao Procon/MS por cliente insatisfeito

14 JUN 2018Por Redação/TR16h:07

Empresa de alimentos Siloé trabalhava de forma clandestina e foi autuada pelo Procon e pela Vigilância Sanitária, na manhã desta quinta-feira (14). Em denúncia anônima por telefone, consumidor relatou que havia encontrado grãos de arroz, pedras e outros detritos escuros em um pacote de açúcar.

No galpão havia vários produtos embalados como, trigo, fécula de mandioca (polvilho), arroz e açúcar, e uma máquina para embalar alimentos. A Vigilância Sanitária foi até lá e constataou atividade de produção imprópria de alimentos.

O subsecretário de Proteção e Defesa do Consumidor de Campo Grande Valdir Custódio, detalhou que“não há condições de trabalho, o local está impróprio para armazenamento de alimentos e não há um controle de pragas, está sendo feito um trabalho clandestino, não tem documentação fiscal e o local será interditado”.

Fonte: Correio do Estado – Rafaelly Gonçalves

Enquete

Qual das seleções abaixo é favorita para levantar a taça da Copa do Mundo FIFA 2018?
Resultados
Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também