Diário X

19 de setembro de 2018
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Polícia

Vostok: Polaco promete se entregar na PF em Brasília e não descarta fazer delação

16 SET 2018Por Redação/TR02h:20

Único dos 14 alvos da Operação Vostok, deflagrada na última quarta-feira (12), o corretor de gado José Ricardo Guitti Guimaro, o Polaco, prometeu se entregar na sede da Polícia Federal em Brasília, domingo (16), e pode fechar acordo de delação.

O advogado de Polaco, José Roberto Rosa, esteve na manhã de sábado (15) na sede da superintendência da Polícia Federal em Campo Grande, para acertar a entrega de seu cliente.

“A defesa ainda vai conversar com ele, ainda não se sabe se vai continuar com a delação premiada ou vai apenas figurar como um dos investigados desse inquérito”, afirmou Rosa.

Segundo o advogado, José Ricardo está em local inacessível distante mais de 3 mil km de Campo Grande, e que só ficou sabendo da Operação Vostok um dia após as prisões, depois que familiares entraram em contato com ele.

Rosa contou que alguns parentes de Polaco diante da informação de que ele não foi encontrado pelos Policiais Federais, chegaram a temer que o corretor de gado estivesse morto.

José Roberto ainda destacou que os delegados da Polícia Federal de Brasília devem tomar o depoimento de Polaco só na próxima segunda-feira (17).

Polaco é apontado nas investigações da Operação Vostok como suposto operador do esquema de pagamento de propina a integrantes do governo de Mato Grosso do Sul, e era considerado foragido desde a última quarta-feira (12).

No despacho em que autorizou a Operação, o ministro Félix Fischer, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), tornou pública uma investigação regional do MP-MS (Ministério Público Estadual) na qual Polaco poderia ser alvo de um plano de homicídio, uma vez que teria ameaçado delatar suposto esquema de arrecadação de propinas.

Fonte: Midiamax – Ludney Moura

Enquete

O uso de celular na educação deve ser:
Resultados
Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também