Diário X

23 de Outubro de 2017
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Política

Processo de tombamento do grupo de Catira da Família Malaquias é iniciado na Assembleia Legislativa

6 OUT 2017Por Valdeir Simão e Youssef Nimer09h:58

Proposta do deputado estadual Amarildo Cruz (PT) que reconhece a importância cultural do Grupo de Catira da Família Malaquias, do município de Figueirão e declara como Patrimônio Histórico e Cultural do Estado de Mato Grosso do Sul foi aprovada na sessão ordinária desta quinta-feira (5). 

Com a aprovação da maioria dos deputados, o processo de tombamento do grupo de Catira será aberto pelo Legislativo assim que publicado no Diário Oficial do Estado. "Validamos a competência do Legislativo em iniciar o processo de tombamento Histórico, Artístico e Cultural em nosso Estado. No entanto, a Fundação de Cultura continuará responsável pelo levantamento e estudos necessários para sua efetivação ", destacou o 2º secretário da Casa de Leis.

Grupo de Catira da Família Malaquias

O grupo foi formado pela família Malaquias, na Comunidade Quilombola de Santa Tereza por volta dos anos 1900. "O senhor Joaquim Malaquias da Silva chegou ao local por volta de 1901 e, desde então, se dedicou a alegrar as festas da região, o que mais tarde deu origem ao Grupo de Catira", disse o parlamentar. “A família possui uma cultura muito rica, que preenche com alegria a vida dos moradores da zona rural. Uma tradição que merece esse reconhecimento", defendeu.

Fonte: Assessoria

Enquete

Você é a favor ou contra o fim do horário de verão?
Resultados
Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também