Diário X

21 de agosto de 2018
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Estado MS

Usina de MS é multada em R$ 495 mil por atear fogo em lavoura de cana sem autorização

Denúncia dizia que funcionários é que atearam fogo nas áreas de lavouras em fazendas arrendadas. Policiais confirmaram veracidade dos fatos e empresa também foi autuada

12 AGO 2018Por Redação/OJ13h:00

Denúncia de um incêndio em áreas plantadas de cana-de-açúcar, no município de Nova Alvorada do Sul, a 107 km de Campo Grande, levou uma equipe da Polícia Militar Ambiental (PMA) a empresa sucroenergética. Além de fotos do momento em que ocorria a queima, a informação é de que funcionários atearam fogo nas áreas de lavouras em fazendas arrendadas. O fato ocorreu na última quinta-feira (9), resultando em infração administrativa e multa de R$ 495 mil para a empresa.

Ao chegar no local, os policiais constataram a veracidade dos fatos, sendo que o incêndio tinha ocorrido entre os dias 3 e 4 de agosto. As áreas queimadas medidas com rastreador totalizaram 495 hectares e, inclusive, o fogo adentrou a uma área de vegetação nativa.

Sem a devida autorização ambiental e sabendo que a queima controlada é proibida até o fim do mês de setembro, a empresa proprietária da cana-de-açúcar queimada foi autuada administrativamente e multada em R$ 495 mil.

Em nota, a Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Su - Biosul - afirmou que Mato Grosso do Sul, há anos, é o estado mais avançado do Brasil no atendimento dos marcos legislativos que determinam a eliminação da prática da queima da cana para colheita.

Dados recentes dão conta que toda a colheita do estado é feita de forma mecanizada, portanto, sem necessidade de queima. Segundo a Associação, as usinas estão preparadas, com máquina e pessoal especializado, e não necessitam mais queimar a cana para a colheita. Disse ainda, que é importante ressaltar que existe a possibilidade de incêndios criminosos ou que acontecem por fatores naturais.

Fonte: G1/globo – Mato Grosso do Sul

Polícia ambiental confirmou veracidade dos fatos e aplicou multa em usina de MS (Foto: PMA/Divulgação)

Enquete

A propaganda política do horário eleitoral pode definir o seu voto?
Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também