Diário X

21 de agosto de 2018
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Estado MS

Família pesca pintado de 40 quilos em rio de MS e passeio de 2 dias termina em uma manhã

'Nunca tinha visto isso", fala o soldador que pesca desde criança no rio Aquidauana

12 AGO 2018Por Redação/OJ14h:00

Pode parecer mais uma daquelas histórias de pescador que todo mundo já ouviu falar. Mas dessa vez é fato: um pintado de 40 quilos e 1,5 metro foi pescado no rio Aquidauana, em Mato Grosso do Sul, na sexta-feira (10).

"Foi emocionante, nunca tinha visto antes", resume o soldador Gildo Nunes de Cruz, de 43 anos, que desde criança tem a pesca como lazer.

Gildo conta que estava com esposa e os pais dela no barranco do rio, pela manhã, quando sentiu a vara pesar e, não dando conta de segurar sozinho, pediu ajuda do sogro e entrou na água. "O pintado ronca. Ouvi o ronco e sabia que era peixe, mas não imaginava o tamanho".

"Ele gritou ajuda aqui e foi para o rio. Meu pai correu para ajudar e minha mãe também", descreve Ivonéia Ramos Bueno, esposa de Gildo. Ela e os pais também estavam com varas e largaram no barranco.

Ao perceber que o peixe era grande, Ivonéia só pensou em registrar. "Corri para o carro para pegar meu celular, mas estava descarregado e aí peguei o dele [do marido]. Foi muito emocionante", lembra.

De acordo com Gildo, para tirar o pintado do rio, ele ficou com água até a cintura, conseguiu passar uma linha na boca do peixe e com a ajuda dos sogros, tirou o animal.

"Não marcamos quanto tempo ficamos ali para tirar, mas foi bastante tempo", diz Gildo.

Com o 'presente' da pescaria, a família suspendeu o passeio que seria de dois dias. "Nós fomos para dormir, ficar dois dias, mas tivemos que voltar na primeira manhã. Nunca tinha visto isso", fala Ivonéia.

O peixe teve que ser levado para a capital sem a devida refrigeração porque a família não sabia como fazer para transportá-lo a não ser no carro próprio. Em casa, Gildo deixou o animal inteiro para os amigos comprovarem que não é mais uma história de pescador e depois cortou para congelar. "Agora vamos comer", finaliza.

Segundo Gildo, ele nasceu em Aquidauana e já tinha pescado pintado de 17 quilos. Atualmente ele mora com a família em Campo Grande e só vai a passeio na cidade natal.

De acordo com a Polícia Militar Ambienta (PMA), a captura de peixe desse tamanho é permitida. A lei só proíbe capturar pintado menor que 85 centímetros.

Ainda conforme a PMA, não é mais comum peixe desse tamanho nos rios do estado, mas ainda se capturam alguns.

Fonte: G1/globo – Mato Grosso do Sul

Enquete

A propaganda política do horário eleitoral pode definir o seu voto?
Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também