Diário X

23 de outubro de 2018
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Esportes

Desfalcado, Brasil perde para a Alemanha em estreia na Liga das Nações

16 MAI 2018Por Redação/OJ10h:40

A seleção alemã surpreendeu o Brasil nesta terça-feira, na estreia da Liga das Nações de vôlei feminino, em partida realizada no ginásio José Corrêa, em Barueri. Recém-promovidas à elite do vôlei após vencer uma espécie de torneio de acesso ao extinto Grand Prix, as visitantes não se intimidaram com a torcida adversária e, mesmo saindo perdendo, conseguiram virar a partida e sair de quadra com o triunfo por 3 sets a 1, parciais de 25/15, 22/25, 18/25 e 20/25.

A ausência de nomes importantes da Seleção Brasileira parece ter sido sentida pelas outras atletas do elenco comandado por Zé Roberto Guimarães, que também teve de segurar outras jogadoras no banco por conta do desgaste físico causado pelo fim da temporada nacional. Nesta terça, Thaisa, Natália e Gabiru não entraram em ação por questões físicas e viram do lado de fora a derrota verde e amarela. Dani Lins, que até pouco tempo estava na condição de gestante, também não foi acionada.

O Brasil tentará se recuperar do prejuízo já nesta quarta-feira, quando volta à quadra para encarar o Japão, novamente em Barueri. O time de Zé Roberto Guimarães fecha a primeira semana de disputas da Liga das Nações na quinta-feira, contra a Sérvia, vice-campeã olímpica.

O jogo – O primeiro set foi um verdadeiro massacre do Brasil sobre as alemãs. Ainda que o início do período tenha sido equilibrado, com ambas as equipes cometendo erros bobos e deixando o marcador em igualdade, o time comandado por Zé Roberto Guimarães logo tratou de se impor com as cravadas de Tandara e Gabi e, contando com falhas na recepção, além de levar a melhor na rede, acabou faturando a parcial por 25 a 15 sem grandes problemas.

Já no segundo set a Alemanha acordou. Mais agressivas no saque, as visitantes dificultaram a vida da Seleção Brasileira, que não conseguia encaixar a primeira bola. Após um primeiro set impecável, até mesmo a líbero Suelen não deu conta dos ataques adversários, e mesmo com o time verde e amarelo se recuperando no bloqueio, foram as alemãs quem fecharam a parcial em 25/22, deixando tudo igual em Barueri.

Quem pensava que a Seleção Brasileira iria se recompor no terceiro set, retomando a supremacia na partida, se enganou. A Alemanha, bastante audaciosa, manteve o volume de jogo mostrado na parcial anterior e graças aos bons saques abriu uma vantagem considerável. Daí em diante bastou às visitantes apenas administrarem a distância no placar para fecharem em 25 a 18 e deixarem o time verde e amarelo ainda mais pressionado em busca da vitória, uma vez que agora era preciso vencer os dois sets restantes para que as donas da casa assegurassem o triunfo.

Não teve jeito. Empolgadas com a chance de bater uma das potências do vôlei mundial, as jogadoras alemãs não tiraram o pé e mostraram que podem fazer bonito nessa nova competição do calendário, que terá sua fase final entre a última semana de junho e a primeira de julho. O forte jogo de rede e as ótimas recepções da defesa mais uma vez fizeram a diferença, e o Brasil nada pôde fazer, amargurando a derrota ao ver as adversárias fecharem a parcial decisiva por 25 a 20.

Fonte: gazetaesportiva

Enquete

Qual curso você gostaria que o Campus de Coxim da UFMS ofertasse?
Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também