Diário X

22 de julho de 2018
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Economia

Setor de serviços recua 3,8% em maio com greve dos caminhoneiros, diz IBGE

13 JUL 2018Por Redação/OJ09h:00

O setor de serviços no Brasil recuou 3,8% em maio na comparação com abril, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi o resultado negativo mais intenso da série histórica, iniciada em janeiro de 2011, fortemente influenciado pela greve dos caminhoneiros, que durou 11 dias no final de maio.

Em relação a maio de 2017, o volume de serviços recuou 3,8%, maior queda desde abril de 2017 (-5,7%). Com isso, o acumulado do ano até maio, que foi de -1,3%, mostrou recuo mais intenso do que o primeiro quadrimestre de 2018 (-0,7%).

Já o acumulado nos últimos 12 meses teve recuo de 1,6%, contra queda de 1,4% em abril, interrompendo uma trajetória ascendente iniciada em abril de 2017 (-5,1%).

O IBGE revisou ainda os dados do setor de serviços de abril. O avanço naquele mês foi de 1,1%, ao contrário do 1% divulgado anteriormente.

Setor de serviços em maio:

º Taxa no mês: - 3,8%

º Acumulado do ano: -1,3%

º Acumulado em 12 meses: -1,6%

º Em relação a maio de 2017: -3,8%

"O que mais puxou essa queda foram as atividades de transporte terrestre e de armazenagem e serviços auxiliares aos transportes", afirmou o gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo.

Desempenho do setor de serviços

Variação em relação ao mês imediatamente anterior, em %

Fonte: IBGE

Curiosamente, no indicador de abril o desempenho positivo havia sido puxado pelos serviços de transporte terrestres. Os transportes respondem pelo maior peso do setor de serviços, segundo o IBGE.

O setor que representa 70% da composição do PIB. É a segunda queda no ano.

Os transportes terrestres tiveram queda de 15%, e armazenagem e serviços auxiliares recuaram 6,2%.

Ambas foram as quedas mais intensas da série histórica da pesquisa.

O pesquisador enfatizou que todos os serviços mostraram taxas negativas tanto na comparação com o mês anterior, quanto na comparação com o mesmo mês do ano passado.

De acordo com o IBGE, a atividade de transporte terrestre é dividida em dez categorias, sendo três delas relativas ao transporte de cargas que, somadas, respondem por 70% de todo o transporte terrestre - ramo que responde por cerca de 10% do volume total de serviços do país.

Fonte: G1/globo

Enquete

Qual das seleções abaixo é favorita para levantar a taça da Copa do Mundo FIFA 2018?
Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também