Diário X

23 de outubro de 2018
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Coxim MS

Greve dos servidores públicos municipais de Coxim tem o apoio e participação da vereadora Lucia da AAVC

“Coloco meu mandato à disposição do sindicato e dos servidores que estão lutando pelos seus direitos. São demandas legítimas", disse a parlamentar

11 OUT 2018Por Valdeir Simão08h:00

Com a participação de centenas de pessoas, na manhã de segunda-feira (8), o movimento de greve dos servidores públicos municipais de Coxim se concentrou inicialmente na Avenida Virginia Ferreira esquina com a Rua Afonso Costa Campos, bairro Flavio Garcia, deslocando-se em seguida pelas principais avenidas do centro de Coxim, onde dezenas de carros e motos também acompanharam os funcionários na passeata.

Os servidores conduziam faixas e cartazes, entregando para a população um folheto informativo contendo as reivindicações da categoria e gritando palavras de ordem, entre as quais: "Estamos em Greve", "Por Falta de Pagamento", "#Cadê meu Pagamento", "Saco Cheio de Descompromisso, Imoralidade", "Prefeito, Mais Respeito", "Socorro Vereadores".

Palestra

Após a passeata, no plenário da Câmara de Vereadores, os funcionários participaram de uma palestra ministra pelos conselheiros do Instituto Municipal de Previdência dos Servidores de Coxim (IMPC), que falaram sobre a situação do regime próprio de aposentadoria municipal.

Reivindicações

Os servidores públicos municipais de Coxim, através do sindicato, apresentam para o Poder Executivo, a seguinte pauta de reivindicações:

1- Data base de pagamento do salário do servidor público municipal de Coxim-MS, fixado em Lei através de mudança do Estatuto do servidor público, bem como seu efetivo cumprimento;

2- Abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para que sejam elucidados todos os gastos do Município e seu endividamento, levando em consideração os repasses ao IMPC, sindicato, bancos (empréstimo consignado o quanto se paga de juros), planos de saúde CASSEMS e IMCAS;

3- Qualidade de trabalho para os trabalhadores que estão na secretaria de Obras com o regular fornecimento de equipamentos de proteção individual (EPI) e o cumprimento do acordo feito no Ministério Público Estadual de Coxim/MS na presença do promotor de Justiça, Marcos André Sant´Ana Cardoso, referente aos garis e diálogo com a categoria;

4- Pagamento de insalubridade a todos os auxiliares de serviços diversos (ASDs) e serventes que estão desenvolvendo suas atividades em ambientes insalubres, tais como: cozinha, limpeza de banheiro, entre outros;

5- Repasse dos descontos de contribuição sindical com urgência.

Vereadora Lucia da AAVC participou da passeata na segunda-feira (8) Foto: Reprodução

Enquete

Qual curso você gostaria que o Campus de Coxim da UFMS ofertasse?
Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também