Diário X

21 de maio de 2018
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Campo Grande MS

Preso com 60 vídeos alega que baixou pornografia infantil “sem querer”

Suspeito foi detido por policiais do Garras em uma residência do bairro no Coophavila II. Outras cinco pessoas foram presas

17 MAI 2018Por Redação/TR14h:34

Para a polícia, o engenheiro de 27 anos preso na manhã desta quinta-feira (17) por armazenar vídeos de pornografia infantil, afirmou que não tinha a intenção de baixar as imagens. O suspeito foi detido nas primeiras horas do dia no bairro Coophavila 2, durante a Operação Luz da Infância II, deflagrada em Campo Grande e outras três cidades do interior.

“Ele diz claramente ele fazia pesquisas e buscava filmes pornográficos no torrent e os filmes infantis vinham juntos”, afirmou Márcio Almeida, advogado do engenheiro. Ao Campo Grande News, o defensor contou que o cliente mora com os pais e tinha o hábito de deixar os downloads carregando enquanto dormia.

Ainda conforme o advogado, o cliente estranhou a prisão porque nunca repassou pornografia infantil. “Esperamos que a liberdade dele venha na audiência de custódia, que vai acontecer amanhã”, explicou Almeida.

O engenheiro está entre os seis presos em flagrante durante a operação em Mato Grosso do Sul. Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão em Campo Grande, Dourados, Glória de Dourados e Naviraí.

Na Capital, além do engenheiro, outras duas pessoas tiveram a prisão confirmada pela polícia: um estudante de 23 anos - detido no Jardim Columbia por equipes da DEPCA e da DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídio) - e um homem de 32 anos - flagrado por equipes da Derf no Chácara Cachoeira.

Informações preliminares apontam ainda que um policial civil é alvo da operação. Ele teria sido levado sede Corregedoria-geral da Polícia Civil após as equipes cumprirem mandados de busca e apreensão em sua casa.

A reportagem do Campo Grande News acompanhou ainda os trabalhos da polícia em uma residência do bairro Rita Vieira. O suspeito não foi encontrado no endereço. Um veículo Ford Verona e CPU foram apreendidos pelos policiais no local.

No interior, três pessoas foram presas em flagrante, uma em cada cidade em que a ação aconteceu. Em Dourados, o suspeito foi identificado como um comerciante de 39 anos.

A operação

Denominada Luz da Infância 2, a ação é coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública. De acordo com informações do G1 do Rio de Janeiro, cerca de 2,6 mil policiais civis participam da ação. Segundo a imprensa nacional, a operação já somam mais de 100 prisões.

As equipes estão atrás de recolher materiais e arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes. Quem for pego com posse dessas mídias é preso em flagrante.

Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública, com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais, que apresentavam indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva.

Fonte: Campo Grande News - Geisy Garnes e Izabela Sanchez

Enquete

Como você avalia o atendimento do Hospital Regional de Coxim (Dr. Álvaro Fontoura Silva)?
Resultados
Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também