Diário X

22 de outubro de 2018
Aqui tem a Verdadeira Notícia

Brasil

Mendigo Gato comemora Dia dos Pais com expectativa pelo nascimento do segundo filho

Rafael Nunes ficou famoso após ter uma foto divulgada na internet em que aparecia em frente à Catedral Basílica de Curitiba; segundo filho é uma menina e vai se chamar Constance

12 AGO 2018Por Redação/OJ02h:00

O domingo (12), Dia dos Pais, vai ser de comemoração dupla para o jovem Rafael Nunes, que ficou conhecido como Mendigo Gato de Curitiba.

Neste ano, além do pequeno Tito, de três anos, Rafael vai ser pai da Constance, que chega em meados de dezembro.

"Eu estou super ansioso. Já aprendi muito sendo pai do Tito, mas, agora, com uma menina, acho que vai ser bem diferente", comentou Rafael, que fez questão de dizer que foi ele quem escolheu o nome da filha.

º Das ruas à recuperação, 'Mendigo Gato' relembra a luta para deixar o crack

Diferente dos anos anteriores, a comemoração desta vez vai ser em casa, em Niterói, no Rio de Janeiro, com a esposa, Clarissa Couto, e Tito. "Infelizmente não conseguirei ver meu pai nesse Dia dos Pais, mas no fim do ano eles virão para conhecer a netinha tão sonhada", contou Rafael.

A fama

Nunes ficou famoso após ter sido fotografado em frente à Catedral Basílica de Curitiba. Divulgada numa rede social, a imagem circulou pelo país e lhe rendeu o apelido de mendigo gato que, segundo ele, ficará marcado para o resto da vida.

Antes disso, ele morou por um ano nas ruas de Curitiba alimentando o vício do crack e outras drogas.

A repercussão do caso, porém, foi mais recompensadora que o apelido. Rafael ganhou um tratamento para se recuperar do vício e a chance de uma vida digna. Agora, ele comemora o fato de ter saído de uma vida tão dificíl e com um caminho incerto e ter formado a sua família.

Agora, Rafael dá até palestras para falar de superação. A mais recente foi no Rio Grande do Sul, no 4º Fórum da Juventude de Miraguaí.

Atualmente, ele trabalha em um restaurante de comida japonesa e ainda faz tratamento com psiquiatra. Ele sonha em montar o seu próprio negócio, também no ramo de culinária, e diz não sentir falta da droga. O acompanhamento com psiquiatras faz parte do tratamento, segundo ele.

"A nossa rotina é bem tranquila. Como o Rafael trabalha à noite, ele tem a responsabilidade de levar o Tito para escola. Ele é um cara muito calmo e se adapta fácil às novas situações", contou Clarissa.

Fonte: G1/globo

Rafael e Clarissa moram juntos em Niterói, no Rio de Janeiro (Foto: Arquivo pessoal )

Enquete

Qual curso você gostaria que o Campus de Coxim da UFMS ofertasse?
Publicidade
Banner Parceiros

Leia Também